Your browser doesn't support javascript.
loading
Enteroparasitoses, anemia e estado nutricional em grávidas atendidas em serviço público de saúde / Intestinal parasites, anemia and nutritional status in pregnant women in a public health care unit
Souza, Ariani Impieri de; Ferreira, Luiz Oscar Cardoso; Batista Filho, Malaquias; Dias, Maria Rosário de Fátima da Silva.
Afiliação
  • Souza, Ariani Impieri de; Instituto Materno Infantil de Pernambuco. Recife. BR
  • Ferreira, Luiz Oscar Cardoso; Universidade de Pernambuco. Faculdade de Ciências Médicas. Departamento de Medicina Social. Recife. BR
  • Batista Filho, Malaquias; Instituto Materno Infantil de Pernambuco. Recife. BR
  • Dias, Maria Rosário de Fátima da Silva; Instituto Materno Infantil de Pernambuco. Recife. BR
Rev. bras. ginecol. obstet ; 24(4): 253-259, maio 2002. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-331531
Biblioteca responsável: BR26.1
RESUMO

Objetivos:

estimar a freqüência de enteroparasitoses em gestantes de pré-natal de baixo risco e sua associação com anemia, estado nutricional, escolaridade e saneamento (fossa sanitária) no domicílio.

Métodos:

a partir de amostra de 316 gestantes que iniciaram o pré-natal de baixo risco do ambulatório de pré-natal do Instituto Materno Infantil de Pernambuco (IMIP) no período de maio de 2000 a julho de 2001, determinaram-se, por meio de um desenho de corte transversal, as freqüências de enteroparasitoses (método Hoffman, em única amostra) e de anemia (Hb <11,0 g/dL), o estado nutricional (índice de massa corporal - IMC - ajustado para idade gestacional) e indicadores sociais (escolaridade e presença de fossa sanitária em domicílio).

Resultados:

a freqüência de enteroparasitoses entre estas pacientes foi de 37,0 por cento, sendo 31,6 por cento dos casos positivos representados por monoparasitas. As espécies de parasitos mais freqüentes foram Entamoeba histolytica (13,3 por cento) e Ascaris lumbricoides (12,0 por cento). Detectaram-se 55,4 por cento de gestantes anêmicas, 25,0 por cento de desnutridas e 24,1 por cento com sobrepeso ou obesidade. Houve associação estatisticamente significativa entre enteroparasitose e escolaridade. Não se observou, por outro lado, associação entre anemia, estado nutricional materno, presença de fossa sanitária em domicílio e enteroparasitoses.

Conclusões:

constataram-se freqüência elevada de enteroparasitoses e anemia, sem, entretanto, haver associação entre estas ocorrências. A escolaridade esteve estatisticamente relacionada com a presença de parasitos intestinais
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.9: Reduzir o número de mortes por produtos químicos perigosos e contaminação do ar e água do solo Base de dados: LILACS Assunto principal: Cuidado Pré-Natal / Saúde Pública / Anemia / Enteropatias Parasitárias Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adolescente / Adulto / Feminino / Humanos / Gravidez Idioma: Português Revista: Rev. bras. ginecol. obstet Assunto da revista: Ginecologia / Obstetrícia Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Materno Infantil de Pernambuco/BR / Universidade de Pernambuco/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.9: Reduzir o número de mortes por produtos químicos perigosos e contaminação do ar e água do solo Base de dados: LILACS Assunto principal: Cuidado Pré-Natal / Saúde Pública / Anemia / Enteropatias Parasitárias Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adolescente / Adulto / Feminino / Humanos / Gravidez Idioma: Português Revista: Rev. bras. ginecol. obstet Assunto da revista: Ginecologia / Obstetrícia Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Materno Infantil de Pernambuco/BR / Universidade de Pernambuco/BR
...