Your browser doesn't support javascript.
loading
Growth assessment in children with extra-hepatic portal vein obstruction and portal hypertension
Bellomo-Brandão, Maria Angela; Morcillo, André Moreno; Hessel, Gabriel; Cardoso, Silvia Regina; Servidoni, Maria de Fátima P. C; da-Costa-Pinto, Elizete A. L.
Afiliação
  • Bellomo-Brandão, Maria Angela; State University of Campinas. Medical School. Department of Pediatrics. Campinas. BR
  • Morcillo, André Moreno; State University of Campinas. Medical School. Department of Pediatrics. Campinas. BR
  • Hessel, Gabriel; State University of Campinas. Medical School. Department of Pediatrics. Campinas. BR
  • Cardoso, Silvia Regina; State University of Campinas. Medical School. Department of Pediatrics. Campinas. BR
  • Servidoni, Maria de Fátima P. C; State University of Campinas. Medical School. Department of Pediatrics. Campinas. BR
  • da-Costa-Pinto, Elizete A. L; State University of Campinas. Medical School. Department of Pediatrics. Campinas. BR
Arq. gastroenterol ; 40(4): 247-250, out.-dez. 2003. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-359886
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
RACIONAL Dados referentes às repercussões da obstrução extra-hepática da veia porta sobre o crescimento de crianças são escassos.

OBJETIVO:

Avaliar os índices antropométricos de um grupo de crianças com trombose de veia porta e hipertensão portal, acompanhadas longitudinalmente, cujos episódios de sangramento digestivo foram controlados por meio de esclerose endoscópica das varizes esofágicas.

MÉTODOS:

Os dados antropométricos foram obtidos retrospectivamente a partir dos prontuários de 24 pacientes. Os escores Z das relações peso para idade, altura para idade e o índice de massa corporal foram registrados na primeira consulta no serviço e na última consulta anterior ao estudo, após seguimento de 3,8 ± 2,5 anos. As duas medidas de cada paciente foram comparadas aos dados do Centro Nacional de Estatística da Saúde dos EUA e entre si.

RESULTADOS:

As médias dos valores de escore Z estavam dentro dos valores considerados normais para a população de referência, peso para idade 0,042 ± 1,09 e 0,132 ± 1,29; altura para idade 0,200 ± 1,04 e 0,466 ± 1,24 e índice de massa corporal -0,223 ± 0,98 e -0,198 ± 0,98, para os registros na primeira e na última consulta, respectivamente. A comparação dos valores de escore Z de cada uma dessas relações, ao longo do tempo, não demonstrou diferença estatística.

CONCLUSAO:

O presente grupo de crianças com trombose de veia porta e hipertensão portal não apresentou atraso de crescimento durante o acompanhamento clínico.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Veia Porta / Trombose Venosa / Crescimento / Hipertensão Portal Limite: Adolescente / Criança / Criança, pré-escolar / Feminino / Humanos / Lactente / Masculino Idioma: Inglês Revista: Arq. gastroenterol Assunto da revista: Gastroenterologia Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: State University of Campinas/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Veia Porta / Trombose Venosa / Crescimento / Hipertensão Portal Limite: Adolescente / Criança / Criança, pré-escolar / Feminino / Humanos / Lactente / Masculino Idioma: Inglês Revista: Arq. gastroenterol Assunto da revista: Gastroenterologia Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: State University of Campinas/BR
...