Your browser doesn't support javascript.
loading
Estudo comparativo da condição nutricional e da ingestão calórica de crianças asmáticas e não-asmáticas, de três a dez anos, atendidas em Centro de Saúde Escola / Comparative study of nutritional status and lower calorie in asthmatic and the absence of asthma children in Health-School Center
Zõllner, Ana Cristina Ribeiro; Juliano, Yára; Novo, Neil Ferreira; Cury, Maria Cristina Faria da Silva; Lopez, Fabio Ancona.
Afiliação
  • Zõllner, Ana Cristina Ribeiro; Unisa. Centro de Saúde Escolar. BR
  • Juliano, Yára; Unisa. Disciplina de Saúde Pública. BR
  • Novo, Neil Ferreira; Unisa. Disciplina de Saúde Pública. BR
  • Cury, Maria Cristina Faria da Silva; Unisa. Curso de Pós-Graduação em Saúde Materno-Infantil. BR
  • Lopez, Fabio Ancona; Unisa. Departamento de Pediatria. BR
Rev. paul. pediatr ; 18(4): 163-170, dez. 2000. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-363131
Biblioteca responsável: BR584.1
RESUMO
O crescimento de crianças asmáticas pode ser influenciado pela presença de numerosos fatores como hipóxia crônica, tratamento sistêmico prolongado com corticoesteróides, condição socioeconômica, nutrição, infecções pulmonares de repetição. Com a finalidade de avaliar esta situação foram constituídos dois grupos de crianças asmáticas (30), acompanhadas pelo grupo DRI (Doenças Respiratórias na Infância) do Centro de Saúde Escola da Universidade de Santo Amaro (Unisa) e controles (30), acompanhados no ambulatório de pediatria do mesmo Centro de Saúde. Os asmáticos foram classificados em leve, moderado e grave, de acordo com o I Consenso Brasileiro no Manejo da Asma, e a ausência de asma nos controles foi estabelecida pela aplicação verbal do questionário ISAAC. Estas crianças foram emparelhadas de acordo com o sexo, idade e condição socioeconômica, utilizando-se para tal o critério de Graffar modificado. Procedeu-se ao inquérito recordatório de 24 horas com a finalidade de comparar a ingestão em Kcal nos dois grupos. Para o cálculo da ingestão alimentar utilizou-se o programa computadorizado NUTRI - versão 2.5. Encontrou-se alteração no estado nutricional dos pacientes asmáticos com inadequação P/I e E/I, segundo do critério da OMS. A intensidade da asma influenciou o estado nutricional expresso pelos indicadores P/I e P/E, segundo escore Z. As crianças asmáticas apresentaram ingestão calórica estatisticamente significante menor que o grupo controle, porém a intensidade da asma não condicionou diferenças significantes. Quanto à condição socioeconômica, não encontramos diferenças significantes, porém ambos os grupos apresentaram ingestão abaixo do esperado para a idade, conforme recomendações do RDA.
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Asma / Ingestão de Energia / Estado Nutricional / Grupos Controle Limite: Criança / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. paul. pediatr Assunto da revista: Pediatria Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Unisa/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Asma / Ingestão de Energia / Estado Nutricional / Grupos Controle Limite: Criança / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. paul. pediatr Assunto da revista: Pediatria Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Unisa/BR
...