Your browser doesn't support javascript.
loading
Participação política e os caminhos da construção do direito `a saúde: a experiência da pastoral da saúde nos municípios de Vitória e Vila Velha / Political participation and the ways to build up the right to health: the experience of the health pastoral in the municipalities of Vitória and Vila Velha
Rio de Janeiro; s.n; 2003. 130 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-363310
Biblioteca responsável: BR433.1
Localização: BR433.1. 693
RESUMO
A Construção do direito à saúde é a temática sobre a qual se constrói esse trabalho, que ten, como horizonte maior as virtualidades da histórica luta que tomou a Saúde Pública uma grande aposta democrática. Aposta cuja história e atuais desafios abordamos, procurando analisar a expressão atual dos processos constituintes no campo da saúde, após sua Normalização jurídica e institucionalização no Sistema único de Saúde (SUS). Objetivo que exploramos por meio da participação política de um movimento popular, a Pastoral da Saúde, atuante nos municípios de Vitória e Vila Velha. Movimento escolhido por envolver amplos setores populares, especificamente aqueles com precárias condições sócio- econômicas, que não têm suas demandas de saúde suficientemente atendidas pelo Sistema Público. Em virtude do que, uma das metas do trabalho da Pastoral é buscar alternativas e soluções para estes problemas, por meio do resgate, da socialização e sistematização da cultura popular, com a prática de uma outra concepção de saúde que não a biomédica. Aspecto que fez com que nos voltássemos especificamente para as farmácias fitoterápicas organizadas pelo movimento. Em suma, a pesquisa procurou analisar junto à Pastoral de Saúde, suas estratégias e mecanismos de participação na formulação e gestão das Políticas Públicas de Saúde; bem como as implicações de seu fazer na constituição do direito a ela relativo. Utilizamos corno metodologia o estudo de caso, valendo-nos de entrevistas e observação participante como principais técnicas de pesquisa. Guiados por estes objetivos, analisamos o caso da pastoral da saúde a partir de duas dimensões distintas, cuja pertinência comum a este tema não as tornam excludentes entre si. A primeira concerne à inserção político institucional do movimento e a segunda ao seu fazer comunitário. Nessa primeira dimensão identificamos determinadas formas prioritárias de aproximação junto ao poder público, que se materializam por um lado, pela relação direta do movimento corri os serviços de saúde; e por outro, em sua condição de representante dos usuários nos conselhos municipais e estadual de saúde. Ambas as inserções revelarain-se fortemente marcadas por uma relação poder-saber, em que o saber técnico-científico se afirma como poder hegemonicamente constituído e nonnalizador da participação política na saúde. Jogo de forças que inviabilizou o desenvolvimento de um trabalho conjunto ou de um espaço de discussão sobre as questões relativas à ...
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 1: Acesso equitativo aos serviços de saúde / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde Base de dados: LILACS Assunto principal: Serviços de Saúde Comunitária / Direito à Saúde Idioma: Português Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 1: Acesso equitativo aos serviços de saúde / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde Base de dados: LILACS Assunto principal: Serviços de Saúde Comunitária / Direito à Saúde Idioma: Português Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Tese
...