Your browser doesn't support javascript.
loading
Identification of bacterial agents of enteric diseases by multiplex PCR in growing-finishing pigs
Baccaro, Maria Regina; Moreno, Andrea Micke; Shinya, Luciane Tieko; Dotto, Daniela Sabatini.
Afiliação
  • Baccaro, Maria Regina; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. São Paulo. BR
  • Moreno, Andrea Micke; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. São Paulo. BR
  • Shinya, Luciane Tieko; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. São Paulo. BR
  • Dotto, Daniela Sabatini; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. São Paulo. BR
Braz. j. microbiol ; 34(3)July-Sept. 2003. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-363924
Biblioteca responsável: BR32.1
RESUMO
A enterite proliferativa suína, a espiroquetose colônica, a disenteria suína e a salmonelose são as doencas entéricas mais freqüentes em suínos das fases de crescimento e terminacão no Brasil. O diagnóstico destas doencas através de técnicas bacteriológicas tradicionais é difícil, lento e no caso da enterite proliferativa suína, impossível. A deteccão destes agentes através da reacão de polimerase em cadeia é altamente sensível e específica e está se tornando uma ferramenta muito útil no diagnóstico em Medicina Veterinária. No presente estudo foram testadas duas técnicas de PCR sob a forma de "multiplex"para deteccão e identificacão simultânea dos agentes bacterianos envolvidos na enterite proliferativa suína, na espiroquetose colônica, na disenteria suína e na salmonelose em amostras de fezes diarreicas. O DNA obtido de culturas puras de cada agente sozinho ou misturado em diferentes combinacões e concentracões foram amplificados utilizando a Multiplex PCR específica para Lawsonia intracellularis e Salmonella, ou Brachispyra pilosicoli e Brachispyra hyodysenteriae. Após a padronizacão, a M-PCR foi aplicada na deteccão dos quatro agentes em 541 amostras de fezes diarreicas de suínos provenientes de diferentes Estados do Brasil. O agente mais freqüente foi Lawsonia intracellularis (13 per center), seguido pela Salmonella spp. (4,8 per center), B. hyodysenteriae (1,4 oer center), B. pilosicoli (1 per center) e suas diferentes associacões. Os resultados obtidos indicam que as duas reacões testadas permitem a deteccão destes quatro importantes patógenos entéricos de maneira rápida e específica.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Doenças Neglicenciadas Tema em saúde: Zoonoses Base de dados: LILACS Assunto principal: Doenças dos Suínos / Reação em Cadeia da Polimerase / Enterite / Bactérias Gram-Negativas Limite: Animais Idioma: Inglês Revista: Braz. j. microbiol Assunto da revista: Microbiologia Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Doenças Neglicenciadas Tema em saúde: Zoonoses Base de dados: LILACS Assunto principal: Doenças dos Suínos / Reação em Cadeia da Polimerase / Enterite / Bactérias Gram-Negativas Limite: Animais Idioma: Inglês Revista: Braz. j. microbiol Assunto da revista: Microbiologia Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR
...