Your browser doesn't support javascript.
loading
Achados histológicos na parede posterior da laringe em pacientes com refluxo gastroesofageano (GERD) / Histological findings in the posterior wall of larynx in patients with GERD
Gomes, Guilherme F; M. Filho, Evaldo D; Coelho, Júlio C. U; Salvalaggio, Paolo R. O; Sebastião, Ana Paula M; Gums, Suzana Detoie.
Afiliação
  • Gomes, Guilherme F; Hospital Nossa Senhora das Graças. Serviço de Endoscopia e Voz Humana. Curitiba. BR
  • M. Filho, Evaldo D; Hospital Nossa Senhora das Graças. Serviço de Endoscopia e Voz Humana. Curitiba. BR
  • Coelho, Júlio C. U; Hospital Nossa Senhora das Graças. Serviço de Cirurgia do Aparelho Digestivo. Curitiba. BR
  • Salvalaggio, Paolo R. O; Hospital Nossa Senhora das Graças. Cirurgia do Aparelho Digestivo. Curitiba. BR
  • Sebastião, Ana Paula M; Hospital Nossa Senhora das Graças. Serviço de Anatomia Patológica. Curitiba. BR
  • Gums, Suzana Detoie; Hospital Nossa Senhora das Graças. Curitiba. BR
Rev. bras. otorrinolaringol ; 67(6): 770-774, nov.-dez. 2001. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-364576
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO

Introdução:

O mecanismo de manifestações otorrinolaringológicas da doença do refluxo gastroesofageano é provavelmente o resultado de refluxo faringogastroesofageano noturno intermitente. O contato da faringe e laringe com o suco gástrico resulta em inflamação e edema, mesmo com pouca ou mínima exposição ácida. Porém, estudos histológicos na parede posterior da laringe, em pacientes com exposição crônica ao suco gástrico, não têm sido realizados mas podem representar importante informação diagnóstica. Este estudo tem como objetivo descrever biópsias de parede posterior de laringe em pacientes portadores de doença do refluxo gastroesofageano. Forma de estudo Prospectivo não randomizado. Material e

método:

No período compreendido entre junho de 1998 a setembro de 1998, foram realizadas biópsias da parede posterior da laringe em sete pacientes portadores de doença do refluxo gastroesofageano (GERD), que apresentavam sintomas crônicos de faringe e laringe. Todos os pacientes realizaram investigação do refluxo gastroesofageano através da endoscopia digestiva alta, e também laringoscopias diretas na procura de lesões laringológicas sugestivas de etiologia relacionada à GERD,e foram classificados em grupo I e grupo II, respectivamente grupo com laringoscopia normal e grupo com laringoscopia com lesão.

Resultados:

Os resultados mostraram que 42,85 por cento dos pacientes estudados apresentavam epitélio escamoso como revestimento da parede posterior da laringe; 42,85 por cento apresentaram áreas de metaplasia escamosa em permeio ao epitélio pseudoestratificado respiratório; e apenas 28,57 por cento dos pacientes apresentaram epitélio respiratório. Além do mais, 71,4 por cento dos pacientes apresentaram alterações histológicas decorrentes da GERD que são encontradas no esôfago.

Conclusões:

Os resultados deste estudo sugerem que o refluxo gastroesofageano pode estar relacionado com a mudança do epitélio da parede posterior da laringe, assim como estar também relacionado com alterações histológicas inflamatórias dessa região.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. bras. otorrinolaringol Assunto da revista: Otorrinolaringologia Ano de publicação: 2001 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Hospital Nossa Senhora das Graças/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. bras. otorrinolaringol Assunto da revista: Otorrinolaringologia Ano de publicação: 2001 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Hospital Nossa Senhora das Graças/BR
...