Your browser doesn't support javascript.
loading
Sobre a personalidade de homens com disfunção erétil ou ejaculação precoce: estudo comparativo com o Inventário Fatorial de Personalidade, o Questionário Desiderativo e o Teste Estilocrômico / Personality of men with erectile dysfunction and premature ejaculation: a comparative study with the IFP - the brazilian version of the Edward's Preference Schedule Inventory - the Desiderative Questionnaire and the Stylocromic Test
São Paulo; s.n; 2002. 170 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-397989
Biblioteca responsável: BR85.1
Localização: BR85.1; T HQ21, F314s
RESUMO
A relação entre personalidade e sexualidade tem sido retomada nos estudos sobre Disfunções Sexuais , pois é reconhecido que a personalidade determina a motivação dos pacientes às terapêuticas disponíveis. Este estudo investigou a personalidade de 18 homens com Disfunção Erétil (DE) e 18 homens com Ejaculação severamente Precoce (EP), todos pacientes de um hospital universitário público. Foram utilizados o Inventário Fatorial de Personalidade (IFP) , que é a versão brasileira do Edward's Preference Schedule , o Questionário Desiderativo , um teste projetivo verbal, e o Teste Estilocrômico de R. Simon , um teste projetivo de pintura a cores. Não foram verificadas diferenças psicométricas significativas entre os pacientes de DE e EP , mas os dois grupos apresentam resultados muito aumentados em relação à média normativa em 8 das 15 escalas que o IFP avalia. Estes resultados indicam que estes homens lidam com demandas mentais excessivas quanto à desempenho , ordem e persistência , e que isto tende a levá-los a um depressivo desamparo , submetimento à pessoas admiradas , muita necessidade de ajuda e amizade , e a uma conflitiva necessidade de se sentirem livres do peso desta dinâmica relacional , tudo isto caracterizando uma masculinidade pouco assertiva. Por outro lado, as informações projetivas apontaram que não são pacientes com patologias psiquiátricas severas. O funcionamento psicodinâmico dos DE tende a ser mais homogêneo enquanto grupo do que o funcionamento dos EP, mas ambos os grupos tendem a adotar estratégias histéricas para enfrentar deficits na capacidade de terem relações maduras quanto à dependência. Além disto , os DE são mais introvertidos e conversivos , e os EP mais fóbicos. Também foram abordadas as relações entre erotismo e hostilidade nesta dinâmica. Os dados foram analisados a partir da teoria psicanalítica das relações objetais sobre o desenvolvimento da masculinidade , e também foram confrontados com a literatura científica sobre Disfunções Sexuais de abordagem mais cognitiva. Finalmente , o estudo também discute a prática do diagnóstico psicológico interventivo em instituições públicas de saúde
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Personalidade / Inventário de Personalidade / Técnicas Projetivas / Sexualidade / Disfunções Sexuais Psicogênicas / Ejaculação / Disfunção Erétil País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Tese
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Personalidade / Inventário de Personalidade / Técnicas Projetivas / Sexualidade / Disfunções Sexuais Psicogênicas / Ejaculação / Disfunção Erétil País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Tese
...