Your browser doesn't support javascript.
loading
Composição química e digestibilidade 'in vitro' de silagens de milho com distintos teores de umidade e níveis de compactação / Chemical composition and 'in vitro' digestibility of maize silages with different maturities and packing densities
Senger, Clóvis Clenio Diesel; Mühlbach, Paulo Roberto Frenzel; Sánchez, Luis Maria Bonnecarrère; Netto, Diego Peres; Lima, Lisiane Dorneles de.
Afiliação
  • Senger, Clóvis Clenio Diesel; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Zootecnia. Laboratório de Nutrição Animal. Santa Maria. BR
  • Mühlbach, Paulo Roberto Frenzel; Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Departamento de Zootecnia. Porto Alegre. BR
  • Sánchez, Luis Maria Bonnecarrère; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Zootecnia. Santa Maria. BR
  • Netto, Diego Peres; Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. BR
  • Lima, Lisiane Dorneles de; Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. BR
Ciênc. rural ; 35(6): 1393-1399, nov.-dez. 2005. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-417681
Biblioteca responsável: BR409.1
RESUMO
Foi avaliada a composição química e a digestibilidade 'in vitro' de silagens de milho e respectivas forragens frescas, colhidas com três teores de MS (20, 26 e 28 por cento) e submetidas antes da ensilagem, a duas compactações (bem compactadas 'BC', ou mal compactadas 'MC'), formando um fatorial 3x2 com 6 repetições num experimento com micro-silos. Foi realizado o fracionamento dos glicídios e da proteína nas silagens, para determinar componentes que podem ser usados nos modelos mecanicistas de predição de consumo e desempenho animal. Apenas o tratamento com o material mais úmido e bem compactado produziu efluente na quantidade de 61,2 l ton-1. A DIVMS variou entre 46,2 e 57,9 por cento, aumentando significativamente com o aumento da MS, enquanto que a DIVMO variou entre 44,5 e 54,2 por cento, sendo significativamente menor apenas nos tratamentos com 20 por cento MS. Os valores de proteína bruta solúvel (PBSol) variaram entre 44,8 e 54,3 por cento da PB. O NNP variou entre 67 e 91 por cento da PBSol, enquanto que a PIDN ficou entre 16,2 e 25,1 por cento da PB total. A PIDA variou entre 6,7 e 12,8 por cento da PB total sendo que os maiores valores foram encontrados na silagem mais úmida. A fração A dos glicídios variou entre 5,3 e 10 por cento da MS, sendo superior na silagem bem compactada com 28 por cento MS. A fração B1 oscilou entre 13,1 e 25,8 por cento da MS aumentando significativamente das silagens mais úmidas para as mais secas. A fração B2 apresentou médias entre 40,2 e 50,3 por cento, diminuindo significativamente das silagens mais úmidas para as mais secas. A fração C variou entre 8,8 e 11,9 por cento na MS. Em relação às forragens frescas de origem, observou-se aumento substancial nas frações protéicas PIDA e PBSol, diminuição na PIDN, e valores similares no NNP expresso como por cento da PBSol, exceto no tratamento 20 BC. Nos glicídios houve diminuição da fração A em todos os tratamentos (exceto em 28 BC), aumento na fração B1 nos tratamentos 26 e 28 por cento MS e valores similares no tratamento 20 por cento MS, ocorrendo o inverso na fração B2. A fração C aumentou apenas nos tratamentos com 28 por cento MS. Não houve variação significativa tanto na DIVMS quanto na DIVMO das silagens em relação à forragem fresca.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Compactação / Zea mays / Umidade Idioma: Português Revista: Ciênc. rural Assunto da revista: Ciência / Saúde Ambiental Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade Federal do Rio Grande do Sul/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Compactação / Zea mays / Umidade Idioma: Português Revista: Ciênc. rural Assunto da revista: Ciência / Saúde Ambiental Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade Federal do Rio Grande do Sul/BR
...