Your browser doesn't support javascript.
loading
Pesquisa de marcadores para os genes da cadeia pesada da beta-miosina cardíaca e da proteína C de ligacão à miosina em familiares de pacientes com cardiomiopatia hipertrófica / Research of markers for the genes of the heavy chain of cardiac beta-myosin and myosin binding protein C in relatives of patients with hypertrophic cardiomyopathy
Tirone, Adriana Paula; Arteaga, Edmundo; Pereira, Alexandre da Costa; Krieger, José Eduardo; Buck, Paula de Cássia; Ianni, Barbara Maria; Mady, Charles.
Afiliação
  • Tirone, Adriana Paula; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Instituto do Coracão. São Paulo. BR
  • Arteaga, Edmundo; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Instituto do Coracão. São Paulo. BR
  • Pereira, Alexandre da Costa; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Instituto do Coracão. São Paulo. BR
  • Krieger, José Eduardo; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Instituto do Coracão. São Paulo. BR
  • Buck, Paula de Cássia; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Instituto do Coracão. São Paulo. BR
  • Ianni, Barbara Maria; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Instituto do Coracão. São Paulo. BR
  • Mady, Charles; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Instituto do Coracão. São Paulo. BR
Arq. bras. cardiol ; 84(6): 467-472, jun. 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-420008
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO

OBJETIVO:

Estudar os marcadores moleculares para os genes da cadeia pesada da beta-miosina cardíaca e da proteína-C de ligacão à miosina em familiares de portadores de cardiomiopatia hipertrófica.

MÉTODOS:

Foram estudadas 12 famílias que realizaram anamnese, exame físico, eletrocardiograma, ecocardiograma e coleta de sangue para o estudo genético através da reacão em cadeia da polimerasse.

RESULTADOS:

Dos 227 familiares 25 por cento eram acometidos, sendo 51 por cento do sexo masculino com idade média de 35n19 (2 a 95) anos. A análise genética mostrou ligacão com o gene da b-miosina cardíaca em uma família e, em outra, ligacão com o gene da proteína C de ligacão à miosina. Em cinco famílias foram excluídas ligacões com os dois genes; em duas, a ligacão com o gene da proteína C de ligacão à miosina, porém para o gene da b-miosina os resultados foram inconclusivos; em duas famílias os resultados foram inconclusivos para os dois genes e em uma foi excluída ligacão para o gene da b-miosina mas ficou inconclusivo para o gene da proteína C de ligacão à miosina.

CONCLUSAO:

Em nosso meio, talvez predominem outros genes que não aqueles descritos na literatura, ou que existam outras diferencas genéticas relacionadas com a origem de nossa populacão e/ou fatores ambientais.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Proteínas de Transporte / Cadeias Pesadas de Miosina / Cardiomiopatia Hipertrófica Familiar / Miosinas Ventriculares Limite: Adolescente / Adulto / Idoso / Criança / Criança, pré-escolar / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Arq. bras. cardiol Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Proteínas de Transporte / Cadeias Pesadas de Miosina / Cardiomiopatia Hipertrófica Familiar / Miosinas Ventriculares Limite: Adolescente / Adulto / Idoso / Criança / Criança, pré-escolar / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Arq. bras. cardiol Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR
...