Your browser doesn't support javascript.
loading
Representacões sociais de profissionais de saúde sobre violência sexual contra a mulher: estudo em três maternidades públicas municipais do Rio de Janeiro, Brasil / Social representations by health professionals of sexual violence against women: a study in three municipal public maternity hospitals in Rio de Janeiro, Brazil
Cavalcanti, Ludmila Fontenele; Gomes, Romeu; Minayo, Maria Cecília de Souza.
Afiliação
  • Cavalcanti, Ludmila Fontenele; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Servico Social. Rio de Janeiro. BR
  • Gomes, Romeu; Fundacão Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro. BR
  • Minayo, Maria Cecília de Souza; Fundacão Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro. BR
Cad. saúde pública ; 22(1): 31-39, jan. 2006.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-420287
Biblioteca responsável: BR526.1
RESUMO
Pretende-se analisar as representacões sociais da violência sexual contra a mulher, construídas e reproduzidas no contexto da assistência pré-natal em três maternidades públicas municipais do Rio de Janeiro, Brasil. Essa pesquisa, de abordagem qualitativa, trabalhou com dois núcleos temáticos as idéias e as explicacões da violência sexual cometida contra a mulher. As 45 entrevistas realizadas com os profissionais de saúde foram trabalhadas mediante análise de conteúdo temático. Os resultados apontam que as representacões sociais sobre a violência sexual cometida contra a mulher se encontram associadas às idéias de sofrimento, distúrbio do comportamento e relacão sexual forcada. As explicacões para a ocorrência desse tipo de violência referem-se às relacões de gênero, à violência urbana e à imputacão de culpa à mulher. Pode-se concluir que persistem padrões hegemônicos de relacões assimétricas, mesmo nos discursos profissionais das maternidades que são referência para o atendimento às vítimas de violência sexual. A incorporacão da categoria analítica de gênero, por intermédio das capacitacões e da formacão profissional, poderia tornar a assistência pré-natal numa importante "porta de entrada" para se abordar as situacões de violência sexual.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: LILACS Assunto principal: Estupro / Violência / Pessoal de Saúde / Mulheres Maltratadas País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Cad. saúde pública Assunto da revista: Saúde Pública / Toxicologia Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Fundacão Oswaldo Cruz/BR / Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: LILACS Assunto principal: Estupro / Violência / Pessoal de Saúde / Mulheres Maltratadas País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Cad. saúde pública Assunto da revista: Saúde Pública / Toxicologia Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Fundacão Oswaldo Cruz/BR / Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR
...