Your browser doesn't support javascript.
loading
Estudo das internações hospitalares por pneumoconioses no Brasil, 1984-2003 / Hospital admissions due to pneumoconioses in Brazil, 1984-2003
Castro, Hermano Albuquerque de; Silva, Carolina Gimenes da; Vicentin, Genésio.
Afiliação
  • Castro, Hermano Albuquerque de; FIOCRUZ. ENSP. CESTEH. Rio de Janeiro. BR
  • Silva, Carolina Gimenes da; FIOCRUZ. ENSP. CESTEH. Rio de Janeiro. BR
  • Vicentin, Genésio; FIOCRUZ. ENSP. CESTEH. Rio de Janeiro. BR
Rev. bras. epidemiol ; 8(2): 150-160, jun. 2005. mapas, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-420335
Biblioteca responsável: BR67.1
RESUMO

INTRODUÇÃO:

pneumoconiose reúne um conjunto de doenças respiratórias conhecidas pelo agente principal causador, como silicose, asbestose, talcose, beriliose e outras. A incidência, possivelmente, deve ser elevada entre os expostos, mas não há informações epidemiológicas referentes a séries históricas sobre as internações hospitalares nas diversas regiões do país.

OBJETIVO:

analisar as internações hospitalares por pneumoconiose no período entre 1984 e 2003 em todo o território nacional. CASUíSTICA E

MÉTODO:

informações de morbidade foram recolhidas, descritas e analisadas a partir do Sistema de Internação por AIH do DATASUS, Centro Nacional de Epidemiologia do Ministério da Saúde, período de 1984 a 2003, englobando todas as regiões do Brasil e seus Estados. Foram utilizadas listas do CID-9 (1984-1997) e CID-10 (1998-2003).

RESULTADOS:

o Brasil apresentou entre 1984 e 1991 taxas elevadas de internações em todas as regiões, com tendência de crescimento e uma posterior redução após esta data. A mediana das internações para o período entre 1984 e 1991 foi maior na região Centro-Oeste e menor na região Norte. No segundo período, entre 1992 e 2003, verificou-se uma modificação com uma menor mediana na região Nordeste e maior na região Sul. DISCUSSÃO A diferença encontrada entre os dois períodos pode ser explicada pelos critérios diagnósticos utilizados nestes períodos e a forma como era coletada a informação. As diferenças entre as regiões provavelmente refletem os processos de trabalhos locais e o acesso dos trabalhadores aos serviços de saúde.

CONCLUSÃO:

Os dados mostram que são necessárias ações de controle e prevenção dessas doenças no ambiente de trabalho. As pneumoconioses são um problema importante de Saúde Pública, onde os números ainda não refletem adequadamente o problema. Certamente os coeficientes se forem calculados sobre a população efetivamente exposta revelarão doenças de elevadas morbidade.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Pneumoconiose / Asbestose / Doenças Respiratórias / Silicose / Doenças Profissionais País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. epidemiol Assunto da revista: Epidemiologia / Saúde Pública Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: FIOCRUZ/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Pneumoconiose / Asbestose / Doenças Respiratórias / Silicose / Doenças Profissionais País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. epidemiol Assunto da revista: Epidemiologia / Saúde Pública Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: FIOCRUZ/BR
...