Your browser doesn't support javascript.
loading
Medicamentos anti-hipertensivos que atuam no sistema nervoso central / Centrally acting antihypertensive drugs
Tibiriçá, Eduardo; Lessa, Marcos Adriano.
Afiliação
  • Tibiriçá, Eduardo; Instituto Oswaldo Cruz. Departamento de Fisiologia e Famacodinâmica. Rio de Janeiro. BR
  • Lessa, Marcos Adriano; Instituto Oswaldo Cruz. Departamento de Fisiologia e Famacodinâmica. Rio de Janeiro. BR
Rev. bras. hipertens ; 12(2): 93-96, abr.-jun. 2005.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-421621
Biblioteca responsável: BR26.1
RESUMO
O aumento do tônus simpático central é um achado precoce e constante na fisiopatologia da hipertensão arterial primária. Por conseguinte, os medicamentos anti-hipertensivos de ação central caracterizam-se por inibir a atividade do sistema nervoso simpático central em grupos neuronais envolvidos no controle do sistema cardiovascular, com conseqüente redução da pressão arterial sistêmica.Apesar de serem medicamentos eficazes no controle da pressão arterial, os anti-hipertensivos de ação central ditos de primeira geração, tais como a clonidina e a metildopa, apresentam um perfil de efeitos adversos desfavoráveis com relação a outras classes de agentes anti-hipertensivos. Esses efeitos adversos caracterizam-se principalmente por sonolência e xerostomia. No entanto, na última década, os sítios de ligação bulbares específicos de imidazolinas (SU) foram reconhecidos como alvo terapêutico inovador para o desenvolvimento de novas drogas anti-hipertensivas de ação central. Neste contexto, foram sintetizadas novas moléculas consideradas como sendo de segunda geração, representadas atualmente pela rilmenidina e pela moxonidina, que apresentam seletividade maior pelos SLI do que a clonidina. Essas drogas são praticamente isentas dos efeitos colaterais de origem central característicos dos agentes de primeira geração, que resultam da ativação de receptores a2-adrenérgicos. Embora apresentem alguma atividade a2-adrenérgica, a rilmenidina e a moxonidina induzem hipotensão arterial, pelo menos em parte, por inibição da atividade simpática central, ativando os SLI
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Clonidina / Cérebro / Imidazóis / Anti-Hipertensivos Idioma: Português Revista: Rev. bras. hipertens Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Oswaldo Cruz/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Clonidina / Cérebro / Imidazóis / Anti-Hipertensivos Idioma: Português Revista: Rev. bras. hipertens Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Oswaldo Cruz/BR
...