Your browser doesn't support javascript.
loading
Estudo comparativo dos métodos conservador e cirúrgico para tratamento das lesões agudas do tendão do calcâneo / Comparative study of conservative and surgical methods for the treatment of acute calcaneus tendon injuries
Costa, Marco Túlio; Hungria Neto, Jose Soares.
Afiliação
  • Costa, Marco Túlio; Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Grupo de Medicina e Cirurgia do Pé. São Paulo. BR
  • Hungria Neto, Jose Soares; Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Grupo de Trauma. São Paulo. BR
Acta ortop. bras ; 15(1): 50-54, 2007. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-450339
Biblioteca responsável: BR734.1
RESUMO
O tratamento das lesões agudas do tendão do calcâneo ainda permanece controverso. Com o objetivo de estabelecer diretrizes atuais, para o tratamento destas lesões, foi realizada uma revisão da literatura. Nos trabalhos avaliadas foram estudadas 1342 lesões, sendo o tratamento conservador utilizado em 354 lesões e o cirúrgico em 988. A imobilização suropodálica foi a mais utilizada, independentemente do tipo de tratamento. Não houve predomínio de nenhuma técnica cirúrgica, quando utilizado o tratamento cirúrgico. Concluiu-se que Atualmente, não há, na literatura, um método de tratamento preferencial, conservador ou cirúrgico, que seja consenso entre os autores, o qual possa ser aplicado a todos os pacientes com lesão aguda do tendão do Calcâneo. Atletas de competição devem ser, preferencialmente, tratados com reparação cirúrgica do tendão. O tratamento conservador é o preferencial em pacientes sedentários ou idosos, portadores de doenças que elevem o risco cirúrgico. O tratamento cirúrgico, seguido de movimentação precoce do tornozelo, tem apresentado bons resultados em relação à recuperação funcional do tendão. A imobilização deve ser suropodálica, não sendo necessária a imobilização do joelho tanto no tratamento cirúrgico como no conservador destas lesões. A via de acesso medial é a via preferencial no tratamento cirúrgico, devido à menor probabilidade de lesão do nervo sural.
ABSTRACT
The treatment of acute calcaneus tendon injuries remains controversial. Intending to establish updated guidelines for treating those injuries, a literature review was conducted. Among the papers assessed, 1342 injuries were studied, with conservative treatment being applied in 354 injuries and the surgical treatment in 988. Sural-podal immobilization was most frequently used, regardless of the kind of treatment. No surgical technique was prevalent when this kind of intervention was employed. The following were concluded Currently, there is no preferred treatment method described in literature, either conservative or surgical, where a consensus is seen among authors, which could be applied to all patients with acute calcaneus tendon injuries. Competition athletes must preferably be treated with surgical repair of the tendon. Conservative treatment is preferable in sedentary or elderly patients, and in those suffering from diseases that may increase surgical risk. Surgical treatment, followed by early ankle mobilization, has presented good outcomes on functional tendon recovery. Immobilization should be sural-podal, not requiring knee immobilization both in conservative and surgical treatment of these injuries. The medial access port is preferable in surgical treatment due to the lower potential of sural nerve injury.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Tendão do Calcâneo Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Acta ortop. bras Assunto da revista: Ortopedia Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Santa Casa de Misericórdia de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Tendão do Calcâneo Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Acta ortop. bras Assunto da revista: Ortopedia Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Santa Casa de Misericórdia de São Paulo/BR
...