Your browser doesn't support javascript.
loading
First unprovoked seizure: clinical and electrographic aspects
Vieira, Simone Carreiro; Liberalesso, Paulo Breno Noronha; Spinosa, Mônica Jaques; Ortega, Adriana Banzzatto; Olmos, Alaídes Suzana Fojo; Lõhr Júnior, Alfredo.
Afiliação
  • Vieira, Simone Carreiro; Hospital Pequeno Príncipe. Curitiba. BR
  • Liberalesso, Paulo Breno Noronha; Hospital Pequeno Príncipe. Unidade de Neurologia Infantil. Curitiba. BR
  • Spinosa, Mônica Jaques; Hospital Pequeno Príncipe. Curitiba. BR
  • Ortega, Adriana Banzzatto; Hospital Pequeno Príncipe. Curitiba. BR
  • Olmos, Alaídes Suzana Fojo; Hospital Pequeno Príncipe. Unidade de Neurologia Infantil. Curitiba. BR
  • Lõhr Júnior, Alfredo; Hospital Pequeno Príncipe. Unidade de Neurologia Infantil. Curitiba. BR
J. epilepsy clin. neurophysiol ; 12(2): 69-72, June 2006. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-450912
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT

OBJECTIVE:

To evaluate classification, EEG tracings and neuroimage following the first episode of unprovoked epileptic seizure in a pediatric population.

METHODS:

Patients diagnosed with first episode of unprovoked epileptic seizure from May 2000 to May 2005 were included. All subjects were submitted to EEG and cranial CT in the first 72 hours after the event. Seizures were classified according to the ILAE classification criteria of 1981.

RESULTS:

387 patients, 214 (55.3 percent) male, average age 4.2 years. Neuropsicomotor development was normal in 315 (81.4 percent) patients. Seizure classification 167 (43.15 percent) generalized, tonic-clonic being the most frequent of these (105/62.85 percent), followed by typical absence (22/13.17 percent), clonic (20/11.98 percent), tonic (13/7.78 percent) and atonic (7/4.19 percent). Focal seizures 220 (56.85 percent), complex partial with secondary generalization as the most common of these (81/36.82 percent). EEG was normal in 208 (53.75 percent) cases. Brain atrophy was the most frequent abnormality on cranial CT.

DISCUSSION:

The majority of the children had normal neurodevelopment after a first unprovoked epileptic seizure. Partial seizures were more frequent than generalized seizures. Early EEG identifies interictal paroxysms or focal slowing in virtually half the patients.
RESUMO

OBJETIVO:

Avaliar a classificação, resultados de EEG e de neuroimagem após a primeira crise epiléptica não-provocada em uma população pediátrica.

METODOLOGIA:

Pacientes atendidos entre maio de 2000 e maio de 2005 com diagnóstico de primeira crise epiléptica não-provocada. Todos foram submetidos a EEG e tomografia de crânio nas primeiras 72 horas após o evento. As crises foram classificadas segundo a Classificação da ILAE, 1981.

RESULTADOS:

387 pacientes, sendo 214 (55.30 por cento) do sexo masculino, com idade média de 4.2 anos. O desenvolvimento neuropsicomotor foi normal em 315 (81.40 por cento) pacientes. Classificação das crises 167 (43.15 por cento) generalizadas, das quais a mais freqüente foi a crise tônico-clônica (105/62.85 por cento), seguida pelas crises de ausência típica (22/13.17 por cento), clônica (20/11.98 por cento), tônica (13/7.78 por cento) e atônica (7/4.19 por cento). Crises focais 220 (56.85 por cento), sendo a crise parcial complexa com generalização secundária a mais freqüente (81/36.82 por cento). EEG normal em 208 (53.75 por cento) casos. A anormalidade mais observada na tomografia de crânio foi atrofia cerebral.

CONCLUSÕES:

A maioria das crianças apresentou desenvolvimento neuro-psicomotor normal após a primeira crise epiléptica não-provocada. Crises parciais foram mais freqüentes que as generalizadas. EEG realizado precocemente identifica paroxismos interictais ou alentecimentos focais em praticamente metade dos pacientes.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Convulsões / Tomografia / Epilepsias Parciais / Eletroencefalografia Tipo de estudo: Estudo de avaliação Limite: Criança / Humanos Idioma: Inglês Revista: J. epilepsy clin. neurophysiol Assunto da revista: NEUROCIENCIAS Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Hospital Pequeno Príncipe/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Convulsões / Tomografia / Epilepsias Parciais / Eletroencefalografia Tipo de estudo: Estudo de avaliação Limite: Criança / Humanos Idioma: Inglês Revista: J. epilepsy clin. neurophysiol Assunto da revista: NEUROCIENCIAS Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Hospital Pequeno Príncipe/BR
...