Your browser doesn't support javascript.
loading
Complementary feeding practices to children during their first year of life
Parada, Cristina Maria Garcia de Lima; Carvalhaes, Maria Antonieta de Barros Leite; Jamas, Milena Temer.
Afiliação
  • Parada, Cristina Maria Garcia de Lima; University Estadual Paulista. MedicalSchool. Botucatu. BR
  • Carvalhaes, Maria Antonieta de Barros Leite; University Estadual Paulista. Medical School. Botucatu. BR
  • Jamas, Milena Temer; University Estadual Paulista. Medical School. Botucatu. BR
Rev. latinoam. enferm ; 15(2): 282-289, mar.-abr. 2007. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-451642
Biblioteca responsável: BR26.1
ABSTRACT
This study aimed to investigate complementary feeding practices during children's first year of life in Botucatu, SP, Brazil. Practices were described according to the age range and the breastfeeding (BF) practice. Data were collected during a multi-vaccination campaign through the interview of 1,238 individuals who accompanied children younger than one year old being vaccinated. Differences associated with the BF situation were identified by the chi-square test and Fisher's exact test. The early introduction of complementary food was observed, which led to the low frequency of exclusive breastfeeding (36.9 percent <4 months). Children younger than 4 months old consumed tea (30.7 percent); children between 4 and 6 months old consumed fruits (54.1 percent), soups (39.9 percent) and home-made food (19.2 percent). Juice was offered only to 15.2 percent of children younger than 4 months old who were completed weaned, 60 percent of the children was offered water. Data show that the consistence of the food consumed was inappropriate children between 6 and 8 months old were offered the family's regular food (48.8 percent) and children older than 8 months (71.6 percent) were offered soup. Therefore, interventions focused on complementary feeding are justified on the city.
RESUMEN
El objetivo fue estudiar las prácticas de alimentación complementaria en el primer año de vida de niños en la región de Botucatu, SP, las cuales fueron descritas según el grupo etáreo y las prácticas de lactancia materna (LM). Fueron entrevistados 1238 acompañantes de niños menores de 1 año vacunados en la Campaña de Vacunación Múltiple. Diferencias asociadas con la situación de LM fueron identificadas a través del test Chi-cuadrado y el test exacto de Fisher. La introducción de alimentos conplementarios fue precoz, lo que produjo una baja frecuencia en la lactancia materna exclusiva (36,9 por ciento en < 4 meses). Niños menores de 4 años consumieron mates (30,7 por ciento), entre 4 y 6 meses consumieron frutas (54,1 por ciento), sopas (39,9 por ciento) y comida (19,2 por ciento). Los jugos fueron ofrecidos apenas en 15,2 por ciento de los niños menores de 4 meses quienes ya no lactaban, y, agua en 60,0 por ciento de los casos. Los datos muestran prevalencia en el consumo de preparaciones inadecuadas con relación a su consistencia oferta de comida por parte de la familia en niños entre 6 y 8 meses (48,8 por ciento) y oferta de sopa a niños mayores de 8 meses (71,6 por ciento). Se sugiere que el municipio realice intervenciones enfocando la alimentación suplementaria.
RESUMO
Objetivou-se estudar práticas de alimentação complementar no primeiro ano de vida em Botucatu, SP, descrevendo-as segundo faixa etária e presença do aleitamento materno (AM). Foram entrevistados 1.238 acompanhantes das crianças menores de 1 ano vacinadas em Campanha de Multivacinação. Diferenças associadas à situação do AM foram identificadas pelo teste qui-quadrado e teste exato de Fisher. A introdução de alimentos complementares foi precoce, levando à baixa freqüência de aleitamento materno exclusivo (36,9 por cento em <4 meses). Crianças menores de 4 meses consumiram chás (30,7 por cento), crianças entre 4 e 6 meses consumiram frutas (54,1 por cento), sopas (39,9 por cento) e comida (19,2 por cento). Sucos foram oferecidos a apenas 15,2 por cento das crianças menores de 4 meses com desmame completo, água a 60 por cento. Os dados apontam consumo de preparações inadequadas pela consistência oferta de comida da família a crianças entre 6 e 8 meses (48,8 por cento) e oferta de sopa a crianças acima de 8 meses (71,6 por cento). Justificam-se no município intervenções focadas na alimentação complementar.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Aleitamento Materno / Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente / Leite Humano Limite: Feminino / Humanos / Lactente / Masculino Idioma: Inglês Revista: Rev. latinoam. enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: University Estadual Paulista/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Aleitamento Materno / Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente / Leite Humano Limite: Feminino / Humanos / Lactente / Masculino Idioma: Inglês Revista: Rev. latinoam. enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: University Estadual Paulista/BR
...