Your browser doesn't support javascript.
loading
O projeto Vivaleite no Município de Santo André – SP / The Vivaleite project in Santo Andre City - São Paulo
Viski, Marly Matiko; Augusto, Rosangela Aparecida; Szarfarc, Sophia Cornbluth.
Afiliação
  • Viski, Marly Matiko; Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo. BR
  • Augusto, Rosangela Aparecida; Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo. BR
  • Szarfarc, Sophia Cornbluth; Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo. BR
Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr ; 31(3): 15-26, 2006. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-455661
Biblioteca responsável: BR40.1
RESUMO
O Projeto Estadual do Leite “Vivaleite”, política pública do Governo de São Paulo, destina-se ao atendimento de crianças carentes de 6 meses a 6 anos, mediante distribuição gratuita de leite fluido fortificado com ferro e vitaminas A e D. O objetivo deste estudo foi identificar no município de Santo André, as características sociais das famílias atendidas por esse projeto, bem como das entidades assistenciais responsáveis pela distribuição do leite. Por meio de entrevista com os responsáveis por 42 entidades que distribuem o “Vivaleite” em Santo André, foram identificados os critérios para inclusão/exclusão das famílias cadastradas. Entre as mães de seis instituições selecionadas e que participaram do estudo (n=138) identificou-se a situação socioeconômica (renda, escolaridade e trabalho). Os resultados indicaram a não observância por parte das entidades, do critério de prioridade para inclusão de famílias com filho menor de 2 anos de idade, além da falta de controle de um dos principais critérios para inclusão da família no Projeto que é a renda familiar menor que 2 salários mínimos, condição observada tanto na seleção como na permanência de famílias. Com relação às famílias, constatou-se baixo nível de escolaridade dos pais, elevado nível de desemprego e, entre aquelas com renda superior a 2 salários mínimos, significativa participação da mãe no orçamento familiar por meio do trabalho fora do lar. Constatou-se o desconhecimento das qualidades especiais do leite fortificado, tanto pelos representantes das entidades, quanto pelas mães. O horário, a freqüência não diária de distribuição do leite e, especialmente, a ausência de informação sobre as características especiais do “Vivaleite”, contribuem para que a criança-alvo não seja privilegiada pelo seu consumo dentro da família
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação / Alimentos Fortificados / Leite Idioma: Português Revista: Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr Assunto da revista: Ciências da Nutrição Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação / Alimentos Fortificados / Leite Idioma: Português Revista: Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr Assunto da revista: Ciências da Nutrição Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR
...