Your browser doesn't support javascript.
loading
Avaliação da Vigilância Epidemiológica em âmbito municipal / Evaluation of epidemiological surveillance in municipal ambit
Carvalho, Eduardo Freese de; Cesse, Eduarda Ângela Pessoa; Albuquerque, Maria Ilk Nunes de; Albuquerque, Luciana Caroline; Dubeux, Luciana Santos.
Afiliação
  • Carvalho, Eduardo Freese de; Fundação Oswaldo Cruz. Departamento de Saúde Coletiva. Recife. BR
  • Cesse, Eduarda Ângela Pessoa; Fundação Oswaldo Cruz. Departamento de Saúde Coletiva. Recife. BR
  • Albuquerque, Maria Ilk Nunes de; Universidade Federal de Pernambuco. Departamento de Enfermagem. Recife. BR
  • Albuquerque, Luciana Caroline; Fundação Oswaldo Cruz. Departamento de Saúde Coletiva. Recife. BR
  • Dubeux, Luciana Santos; Fundação Oswaldo Cruz. Departamento de Saúde Coletiva. Recife. BR
Rev. bras. saúde matern. infant ; 5(supl.1): s53-s62, dez. 2005. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-456519
Biblioteca responsável: BR526.1
RESUMO

OBJETIVOS:

avaliar a vigilância epidemiológica (VE) e as características específicas da gestão municipal.

MÉTODOS:

foram selecionados onze municípios de Pernambuco conforme critérios geográficos, porte populacional e condição de gestão. O grau de implantação foi estimado através de entrevistas com atores-chave em três níveis de atuação da VE nível central, unidades de saúde da família (USF) e unidades de saúde tradicionais (UST), enfatizando aspectos relativos à infra-estrutura e ao processo de trabalho. As variáveis selecionadas foram atribuídos pontos, cujo somatório, classificou a VE como implantada, parcialmente implantada e não implantada. Para avaliar as características da gestão foram entrevistados os onze secretários municipais de saúde.

RESULTADOS:

a VE apresentou-se implantada em apenas 27 por cento dos municípios e parcialmente implantada em 46 por cento, encontrando-se mais estruturada nos municípios de grande porte e com gestão plena do sistema municipal, onde, dos três níveis estudados, observou-se que o nível central apresentou mais fragilidades, e as USF, quando comparadas às UST, obtiveram melhor desempenho. Quanto às características de gestão, embora todos os municípios estivessem certificados para realizar ações de VE, foram identificados entraves significativos para sua efetiva realização.

CONCLUSÕES:

A VE apresentou deficiências que comprometem a sua implantação plena no âmbito municipal.
ABSTRACT
ABSTRACT

OBJECTIVES:

to evaluate epidemiological surveil-lance (ES) and its specifics management at municipal level.

METHODS:

eleven municipalities were selected in the State of Pernambuco, Brazil, based on the geographical, demographic and management criteria. The level of implementation was estimated by way of interviews with key-players at three levels of ES the headquarters, family health units (FHUs) and traditional health units (THUs), laying emphasis on features relating to infrastructure and the work process. Points were assigned for the selected variables, which, taken as a whole, allowed for classification of ES as fully introduced, partially introduced, or not introduced. In order to evaluate management, the eleven municipal health secretaries were interviewed.

RESULTS:

ES was found to have been fully introduced in only 27 percent of municipalities and partially introduced in 45 percent, having a better structure in larger-scale municipalities where there is full management of the municipal system. In these, of the three levels studied, it was found that the central level showed the greatest weaknesses, and that the FHUs performed better than the THUs. So far as management is concerned, although all the municipalities were certified to carry out ES activities, it was found that there are significant obstacles to its effective introduction.

CONCLUSIONS:

ES still has shortcomings that hamper its full introduction at municipal level.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Administração Municipal / Gestão em Saúde / Pesquisa sobre Serviços de Saúde Tipo de estudo: Estudo de rastreamento País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. saúde matern. infant Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Fundação Oswaldo Cruz/BR / Universidade Federal de Pernambuco/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Administração Municipal / Gestão em Saúde / Pesquisa sobre Serviços de Saúde Tipo de estudo: Estudo de rastreamento País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. saúde matern. infant Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Fundação Oswaldo Cruz/BR / Universidade Federal de Pernambuco/BR
...