Your browser doesn't support javascript.
loading
Betabloqueadores e depressão: há evidências para essa associação? / Beta-Blockers and depression: are there evidences for an association ?
Pinho, Miriam Ximenes; Makdisse, Marcia Pinho; Carvalho, Maria José Carmargo de; Carvalho, Anatonio Carlos Camargo de.
Afiliação
  • Pinho, Miriam Ximenes; Universidade Federal de São Paulo. Setor de Cardiogeriatria. São Paulo. BR
  • Makdisse, Marcia Pinho; Universidade Federal de São Paulo. Setor de Cardiogeriatria. São Paulo. BR
  • Carvalho, Maria José Carmargo de; Universidade Federal de São Paulo. Setor de Cardiogeriatria. São Paulo. BR
  • Carvalho, Anatonio Carlos Camargo de; Universidade Federal de São Paulo. Setor de Cardiogeriatria. São Paulo. BR
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 13(4,supl.A): 27-35, jul.-ago. 2003. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-465762
Biblioteca responsável: BR44.1
RESUMO
Este artigo tem como objetivo fazer uma revisao da literatura sobre a possível relação entre beta-bloqueador e depressão. Os betabloqueadores são medicamentos de primeira linha no tratamento da doença arterial coronária, por reduzirem a morbidade e a mortalidade. Apesar disso, observa-se certa relutância de alguns profissionais de saúde em prescrevê-los, sob a alegação de que esses fármacos estariam associados a efeitos adversos que poderiam afetar a qualidade de vida dos pacientes. Os betabloqueadores, especialemnte os lipossolúveis, têm sido associados à depressão desde a década de 60. Enquanto alguns estudos encontraram associação positiva entre ambos, outros não encontraram nenhum evidência que sustentasse essa associação. Limitações metodológicas importantes e falta de controle de variáveis de confusão presentes nesses estudos impedem uma resposta conclusiva sobre o assunto. Por outro lado, os benefícios decorrente da prescrição dos betabloqueadores para o tratamento de doenças cardiovasculares são sustentados por inúmeros ensáios clínicos...
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Meta 3.4 - Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Tema em saúde: Saúde Mental e Transtornos do Comportamento Base de dados: LILACS Assunto principal: Antagonistas Adrenérgicos beta / Depressão Tipo de estudo: Síntese de evidências Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de São Paulo/BR
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Meta 3.4 - Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Tema em saúde: Saúde Mental e Transtornos do Comportamento Base de dados: LILACS Assunto principal: Antagonistas Adrenérgicos beta / Depressão Tipo de estudo: Síntese de evidências Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de São Paulo/BR
...