Your browser doesn't support javascript.
loading
Amplitude de dorsiflexão do tornozelo após aplicação do ultra-som terapêutico e alongamento passivo no tendão calcaneano / Posture's analysis of ciclism indoor teacher ankle dorsi-flexion range of movement after therapeutic ultra-sound application and achilles tendon passive lengthening
Silva, Patrícia Leão da; Leite, Valéria H; Paula, Gustavo Melo de; Paula, Vanessa Renata Molinero de; Narciso, Fernanda Veruska; Baraúna, Mário Antonio; Canto, Roberto Sérgio de Tavares.
Afiliação
  • Silva, Patrícia Leão da; s.af
  • Leite, Valéria H; s.af
  • Paula, Gustavo Melo de; FESURV. Goiania. BR
  • Paula, Vanessa Renata Molinero de; FESURV. Goiania. BR
  • Narciso, Fernanda Veruska; s.af
  • Baraúna, Mário Antonio; UNITRI. Uberlândia. BR
  • Canto, Roberto Sérgio de Tavares; UNITRI. Uberlândia. BR
Ter. man ; 6(23): 18-22, jan.-fev. 2008. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-481035
Biblioteca responsável: BR512.1
RESUMO
A estrutura das articulações, assim como a integridade e a flexibilidade dos tecidos moles que passam por elas, podem afetar a amplitude de movimento (ADM) entre dois ou mais ossos que se articulam.

objetivo:

Verificar e comparar a amplitude de dorsiflexão (AD) do tornozelo direito em indivíduos saudáveis, antes e após a aplicação isolada do ultra-som terapêutico (UST) contínuo, do alongamento passivo dos plantiflexores, bem como a associação destes dois procedimentos no tendão calcaneano.

Métodos:

A amostra foi composta de 20 indivíduos (20 tornozelos direito), subdivididos aleatoriamente em quatro grupos A, B, C e D, contendo em cada um 05 tornozelos submetidos à avaliação e à realização do protocolo. O grupo A serviu como controle e os demais receberam, respectivamente, aplicação de UST, alongamento passivo dos plantiflexores e UST associado ao alongamento passivo dos flexores plantares.

Resultados:

A média de idade foi de 21,8 + 2,56 anos. Inicialmente, a média angular da AD dos grupos A, B, C e D foram 19,0º + 0,4º, 22,3ºº+1,9º, 21,9ºº+2,6º e 21,8º+4,1º para os grupos de A, B, C e D, respectivamente. Houve uma diferença estatisticamente significante na AD nos indivíduos do grupo B, C e D, respectivamente (p=0,000; p=0,000), sendo evidente um maior de amplitude no grupo D.

Conclusão:

Houve um aumento da AD do tornozelo direito após a aplicação do protocolo específico. Com isso, podemos inferir que a associação destas técnicas fisioterapêuticas promoveu o aumento da AD, provavelmente pela extensibilidade de tecido conectivo pós-tratamento.
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Tendão do Calcâneo / Terapia por Ultrassom / Terapia por Exercício / Relaxamento Muscular Idioma: Português Revista: Ter. man Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: FESURV/BR / UNITRI/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Tendão do Calcâneo / Terapia por Ultrassom / Terapia por Exercício / Relaxamento Muscular Idioma: Português Revista: Ter. man Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: FESURV/BR / UNITRI/BR
...