Your browser doesn't support javascript.
loading
Prevalência da desnutrição hospitalar em pacientes internados em um hospital filantrópico em Salvador (BA), Brasil / Prevalence of nosocomial malnutrition among inpatients in a nonprofit hospital in Salvador (BA), Brazil
Rezende, Ionar Figueredto Bonfim; Oliveira, Verusca Silva de; Kuwano, Emília Alves; Leite, Ana Paula Barreto; Rios, Izana; Dórea, Yany Sandréa Santana; Chaves, Viviane Lisboa.
Afiliação
  • Rezende, Ionar Figueredto Bonfim; UFBA. Escola de Nutrição. BR
  • Oliveira, Verusca Silva de; s.af
  • Kuwano, Emília Alves; s.af
  • Leite, Ana Paula Barreto; s.af
  • Rios, Izana; s.af
  • Dórea, Yany Sandréa Santana; s.af
  • Chaves, Viviane Lisboa; s.af
Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) ; 3(2): 194-200, jul.-dez. 2004. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-481906
Biblioteca responsável: BR337.1
RESUMO
Este é um estudo epidemiológico, transversal, que avaliou o estado nutricional de 244 doentes internados em uma instituição filantrópica em Salvador (Bahia), Brasil, no mês de março de 2002, com o objetivo de descrever a prevalência da desnutrição hospitalar e ressaltar a importância da utilização de ferramentas e recursos disponíveis para o combate da subnutrição. Utilizaram-se os dados de banco, cedidos pela empresa de nutrição enteral, parenteral e quimioterápicos Produtos e Serviços Hospitalares (PSH Nutri). O estudo revelou que mais da metade (63,11 por cento) dos pacientes hospitalizados encontram-se desnutridos. Observou-se que a desnutrição hospitalar progride à medida que aumenta o período de internação 46 por cento dos pacientes já estão desnutridos nos primeiros cinco dias. Esse número se eleva para 68 por cento entre cinco e quinze dias e salta para 83 por cento nos doentes internados há mais de quinze dias. Entre os pacientes pesquisados, constatouse que a desnutrição alcança valores mais altos naqueles internados para o tratamento de doenças do trato digestório (14,34 por cento), seguidos dos valores verificados para neoplasias (9,84 por cento). Embora estivessem disponíveis tanto a avaliação quanto a terapia nutricional, apenas 8,61 por cento dos avaliados receberam algum tipo de terapia enteral durante sua internação. Considerando-se exclusivamente o grupo de desnutridos, 7,79 por cento receberam nutrição enteral. Concluiu-se que existem desconhecimento e descaso da equipe de saúde com relação ao grau de nutrição dos doentes, o que se reflete na baixa freqüência de intervenções nutricionais, sem o pleno uso dos instrumentos disponíveis para melhorar o seu estado nutricional.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BBO - Odontologia / LILACS Assunto principal: Avaliação Nutricional / Hospitais Filantrópicos / Desnutrição / Terapia Nutricional Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Limite: Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) Assunto da revista: Biologia / Medicina Ano de publicação: 2004 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UFBA/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BBO - Odontologia / LILACS Assunto principal: Avaliação Nutricional / Hospitais Filantrópicos / Desnutrição / Terapia Nutricional Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Limite: Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) Assunto da revista: Biologia / Medicina Ano de publicação: 2004 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UFBA/BR
...