Your browser doesn't support javascript.
loading
Avaliação ultra-sonográfica de nódulos sideróticos esplênicos em pacientes esquistossomóticos com hipertensão portal / Ultrasonographic assessment of splenic siderotic nodules in schistosomal patients with portal hypertension", "_i": "en
Gonzalez, Thais Dias; Santos, José Eduardo Mourão; Sales, Danilo Moulin; Takemoto, Kenji; Capobianco, Júlia; Brant, Paulo Eugênio; Colleoni, Ramiro; Ahmed, Munneb; D'Ippolito, Giuseppe.
Afiliação
  • Gonzalez, Thais Dias; Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Diagnóstico por Imagem. São Paulo. BR
  • Santos, José Eduardo Mourão; Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Diagnóstico por Imagem. São Paulo. BR
  • Sales, Danilo Moulin; Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Diagnóstico por Imagem. São Paulo. BR
  • Takemoto, Kenji; Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Diagnóstico por Imagem. São Paulo. BR
  • Capobianco, Júlia; Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Diagnóstico por Imagem. São Paulo. BR
  • Brant, Paulo Eugênio; Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. São Paulo. BR
  • Colleoni, Ramiro; Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. São Paulo. BR
  • Ahmed, Munneb; Harvard Medical School. Beth Israel Deaconess Medical Center. Department of Radiology. Boston. US
  • D'Ippolito, Giuseppe; Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Diagnóstico por Imagem. São Paulo. BR
Radiol. bras ; 41(2): 69-73, mar.-abr. 2008. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-482990
Biblioteca responsável: BR734.1
RESUMO

OBJETIVO:

Medir a sensibilidade e a reprodutibilidade da ultra-sonografia na detecção de nódulos sideróticos esplênicos em pacientes esquistossomóticos, tendo a ressonância magnética como padrão de referência.

MATERIAIS E MÉTODOS:

Na primeira fase do trabalho, 21 pacientes portadores de esquistossomose na forma hepatoesplênica com diagnóstico de nódulos sideróticos à ressonância magnética foram submetidos a avaliação ultra-sonográfica para a determinação da sensibilidade do método. Na segunda fase, com o objetivo de avaliar a reprodutibilidade da ultra-sonografia na detecção e na quantificação de nódulos sideróticos (A 1-5 nódulos; B 6-20 nódulos; C mais de 20 nódulos), outros 30 pacientes esquistossomóticos foram submetidos a avaliação ultra-sonográfica de forma cega e independente por dois observadores. A reprodutibilidade foi medida por meio da concordância entre os observadores e do teste kappa.

RESULTADOS:

A sensibilidade da ultra-sonografia foi de 95,2 por cento (intervalo de confiança a 95 por cento [77,3 por cento; 99,2 por cento]). A concordância entre ultra-sonografia e ressonância magnética para a detecção de nódulos sideróticos foi de 96,7 por cento (intervalo de confiança a 95 por cento [82,8 por cento; 99,9 por cento]). Para a classificação dos nódulos conforme a sua quantificação, o índice kappa demonstrou concordância interobservador substancial (kappa = 0,67).

CONCLUSÃO:

A ultra-sonografia é um método que apresenta elevada sensibilidade e boa precisão para a avaliação de nódulos sideróticos esplênicos.
ABSTRACT

OBJECTIVE:

To evaluate ultrasound sensitivity and reproducibility as compared with magnetic resonance imaging as the gold standard in the detection of splenic siderotic nodules in schistosomal patients. MATERIALS AND

METHODS:

Initially, 21 patients with hepatosplenic schistosomiasis and diagnosed with splenic siderotic nodules by magnetic resonance imaging were ultrasonographically evaluated for determining the method sensitivity. In a second phase, the method reproducibility in the detection and quantification of siderotic nodules (A 1-5 nodules; B 6-20 nodules; C > 20 nodules) was evaluated in 30 patients who were submitted to ultrasonography blindly and independently assessed by two observers. Interobserver agreement was measured by kappa statistics.

RESULTS:

Ultrasound sensitivity was 95.2 percent (95 percent confidence interval [77.3 percent; 99.2 percent]). Intermethod agreement in the detection of siderotic nodules was 96.7 percent (95 percent confidence interval [82.8 percent; 99.9 percent]). For classification of nodules according to their quantification, the kappa test demonstrated a statistically significant interobserver agreement (kappa = 0.67).

CONCLUSION:

Ultrasonography is highly sensitive and accurate in the assessment of splenic siderotic nodules in schistosomal patients.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Doenças Neglicenciadas Tema em saúde: Helmintíase / Esquistossomose / Zoonoses Base de dados: LILACS Assunto principal: Esquistossomose / Baço / Hipertensão Portal / Hepatopatias Limite: Adulto / Idoso / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Radiol. bras Assunto da revista: Diagnóstico por Imagem / Radiologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil / Estados Unidos Instituição/País de afiliação: Harvard Medical School/US / Universidade Federal de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Doenças Neglicenciadas Tema em saúde: Helmintíase / Esquistossomose / Zoonoses Base de dados: LILACS Assunto principal: Esquistossomose / Baço / Hipertensão Portal / Hepatopatias Limite: Adulto / Idoso / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Radiol. bras Assunto da revista: Diagnóstico por Imagem / Radiologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil / Estados Unidos Instituição/País de afiliação: Harvard Medical School/US / Universidade Federal de São Paulo/BR
...