Your browser doesn't support javascript.
loading
Prevalência de hipertensão arterial em pacientes com oclusão do ramo da veia central da retina / Prevalence of arterial hypertension in branch retinal vein occlusion patients
Rosa, Alexandre Antonio Marques; Ortega, Kátia Coelho; Mion Júnior, Décio; Nakashima, Yoshitaka.
Afiliação
  • Rosa, Alexandre Antonio Marques; Universidade Federal do Pará. Hospital Universitário Bettina Ferro de Sousa. Setor de Retina e Vítreo. Belém. BR
  • Ortega, Kátia Coelho; USP. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Unidade de Hipertensão da Disciplina de Nefrologia. São Paulo. BR
  • Mion Júnior, Décio; USP. Faculdade de Medicina. São Paulo. BR
  • Nakashima, Yoshitaka; USP. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. Clínica Oftalmológica. São Paulo. BR
Arq. bras. oftalmol ; 71(2): 162-166, mar.-abr. 2008.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-483020
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO

OBJETIVOS:

Identificar em pacientes com oclusão do ramo da veia central da retina utilizando a monitorização ambulatorial da pressão arterial e medidas clínicas da pressão arterial prevalência de hipertensão e o perfil noturno da pressão arterial.

MÉTODOS:

Prospectivamente, 93 olhos de 83 pacientes com oclusão do ramo da veia central da retina foram submetidos à avaliação oftalmológica. Após, os pacientes foram encaminhados para avaliação clínica e monitorização da pressão arterial. Pacientes sem descenso da pressão durante o sono ("non-dipper") foram definidos como um declínio na pressão arterial sistólica < 10 por cento, e pacientes com descenso presente ("dipper") quando este valor fosse superior.

RESULTADOS:

A doença acometeu um olho em 73 (88 por cento) pacientes. O ramo temporal superior foi o local da oclusão em 61 (65,6 por cento) olhos, no restante o ramo temporal inferior foi afetado. Setenta e seis (92 por cento) pacientes formam diagnosticados como hipertensos após a avaliação clínica. A monitorização ambulatorial da pressão arterial identificou 76 hipertensos, 5 normotensos, 1 hipertenso do avental branco e 1 hipertenso mascarado. Estes 2 últimos foram excluídos da análise. Dos 81 pacientes, analisados. Quarenta (49 por cento) eram "dippers" e 41 (51 por cento) "non-dippers". Entre os hipertensos (n=76), 36 (47,4 por cento) eram "dippers" e 40 (52,6 por cento) "non-dippers".

CONCLUSÃO:

Prevalência de hipertensão arterial em nosso estudo foi extremamente elevada (92,8 por cento), que sugere que a fisiopatologia da doença tem íntima relação com as alterações promovidas pela hipertensão. Pouco mais da metade dos hipertensos eram "non-dipper" (n=40; 52,6 por cento). Estas evidências sugerem que um nível sustentado de pressão arterial possa ser um fator de risco adicional para a oclusão do ramo da veia central da retina.
ABSTRACT

PURPOSE:

To identify in patients with branch retinal vein occlusion using ambulatory blood pressure monitoring and clinical blood pressure

measures:

hypertension prevalence, and nocturnal profile of blood pressure.

METHODS:

Prospectively, 93 eyes of 83 patients with branch retinal vein occlusion were submitted to ophthalmological examination. Afterwards the patients were submitted to clinical evaluation and blood pressure monitoring. Non-dipper was defined as a fall in systolic blood pressure < 10 percent, and dipper when this value was higher.

RESULTS:

Disease affected one eye in 73 (88 percent) patients. The temporal superior branch was the site of occlusion in 61 (65.6 percent) eyes, while in the others the infero-temporal branch was affected. Seventy six (92 percent) patients were diagnosed as hypertensive after clinical evaluation. Ambulatory blood pressure monitoring identified 76 hipertensives, 5 normotensives, 1 white-coat hypertensive and one masked hypertensive subjects. The two latter were excluded from the analysis. Of the 81 analyzed patients, forty (49 percent) were dippers and 41 (51 percent) were non-dippers. Among the HT (n=76), 36 (47 percent) were dippers and 40 (53 percent) were non-dippers.

CONCLUSION:

Prevalence of hypertension in our series was extremely high (92 percent) which suggests that physiopathology of the disease has a close relationship with changes promoted by hypertension. A little more than half of the hypertensives were non-dippers (n=40; 52,6 percent). These evidences suggest that a 24-hour sustained level of blood pressure may be an additional risk factor for branch retinal vein occlusion.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Oclusão da Veia Retiniana / Hipertensão Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Limite: Adulto / Idoso / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Arq. bras. oftalmol Assunto da revista: Oftalmologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: USP/BR / Universidade Federal do Pará/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Oclusão da Veia Retiniana / Hipertensão Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Limite: Adulto / Idoso / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Arq. bras. oftalmol Assunto da revista: Oftalmologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: USP/BR / Universidade Federal do Pará/BR
...