Your browser doesn't support javascript.
loading
Otosclerose infantil: relato de caso e revisão da literatura / Pediatric otosclerosis: case report and literature review
Salomone, Raquel; Riskalla, Paulo Emmanuel; Vicente, Andy de Oliveira; Boccalini, Maria Carmela Cundari; Chaves, Adriana Gonzaga; Lopes, Renata; Felin Filho, Gilberto Bolivar.
Afiliação
  • Salomone, Raquel; Hospital CEMA. São Paulo. BR
  • Riskalla, Paulo Emmanuel; Hospital CEMA. São Paulo. BR
  • Vicente, Andy de Oliveira; Hospital CEMA. São Paulo. BR
  • Boccalini, Maria Carmela Cundari; Hospital CEMA. São Paulo. BR
  • Chaves, Adriana Gonzaga; s.af
  • Lopes, Renata; s.af
  • Felin Filho, Gilberto Bolivar; s.af
Rev. bras. otorrinolaringol ; 74(2): 303-306, mar.-abr. 2008. ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-484841
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
A otospongiose é uma osteodistrofia do osso temporal caracterizada pela reabsorção e neoformação óssea desordenada. Clinicamente, caracteriza-se por disacusia condutiva, neurossensorial, e/ou mista, progressiva e zumbidos. O início dos sintomas ocorre entre 30 e 40 anos de idade sendo rara sua manifestação na infância. Descrevemos o caso de um paciente de 11 anos de idade, com quadro de hipoacusia unilateral progressiva há 5 anos. O exame otorrinolaringológico revelou mancha rubra de Schwartze em orelha esquerda. A audiometria, imitanciometria e a tomografia computadorizada demonstraram características sugestivas de otospongiose. Realizamos uma revisão dos aspectos clínicos, diagnósticos e da conduta terapêutica da otospongiose na infância.
ABSTRACT
Otospongiosis is an osteodystrophy of the temporal bone, characterized by disordered neoformation and deposition of bone, characterized by the presence of a progressive conductive, sensorineural or mixed hearing loss and tinnitus. Typically, otospongiosis presents as a slowly progressive conductive hearing loss in the third to fourth decade of life. Uncommonly children and adolescents may also have conductive or sensorineural hearing loss caused by otosclerosis. We describe a case of an 11-year-old patient, with progressive unilateral conductive hearing loss for 5 years. The otoscopic examination revealed a positive Schwartz's sign in the left ear. Audiometry, impedanciometry and CT scan showed characteristics that suggested otospongiosis. We reviewed clinical aspects, diagnosis and the therapeutic approach for otospongiosis in children.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Otosclerose Tipo de estudo: Relato de casos Limite: Criança / Humanos / Masculino Idioma: Inglês / Português Revista: Rev. bras. otorrinolaringol Assunto da revista: Otorrinolaringologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Hospital CEMA/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Otosclerose Tipo de estudo: Relato de casos Limite: Criança / Humanos / Masculino Idioma: Inglês / Português Revista: Rev. bras. otorrinolaringol Assunto da revista: Otorrinolaringologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Hospital CEMA/BR
...