Your browser doesn't support javascript.
loading
Prostatectomia radical por via perineal (PRVP) em hospital não universitário: um estudo de 13 casos / Radical perineal prostatectomy in non-university hospital: study of 13 cases
Brilhante, Adalcides Conde; Lima, Mayara Dalila Cardoso de; Marreiro, Cecília Mendes; Sousa, Brena Andrade de; Aguiar, Maurício Figueiredo Massulo; Fonseca, Roberto Cepêda.
Afiliação
  • Brilhante, Adalcides Conde; Hospital Guadalupe. Belém. BR
  • Lima, Mayara Dalila Cardoso de; Universidade Federal do Pará. Belém. BR
  • Marreiro, Cecília Mendes; Universidade Federal do Pará. Belém. BR
  • Sousa, Brena Andrade de; Universidade Federal do Pará. Belém. BR
  • Aguiar, Maurício Figueiredo Massulo; Hospital Guadalupe. Belém. BR
  • Fonseca, Roberto Cepêda; Hospital Guadalupe. Belém. BR
Rev. para. med ; 21(4): 43-46, dez. 2007. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-485887
Biblioteca responsável: BR3.1
RESUMO

Objetivo:

relatar a experiência inicial de equipe cirúrgica em hospital não-universitário no uso da PRVP.

Método:

estudo transversal analisando 13 prontuários de pacientes submetidos à prostatectomia radical via perineal PRVP. As cirurgias foram realizadas entre janeiro de 2005 e maio de 2006. As seguintes variáveis são relatadas idade; PSA total; grau de Gleason; complicações precoces; complicações tardias e o PSA total após 3 meses da cirurgia.

Resultados:

a idade média dos pacientes foi de 64,5 anos. A maior parte dos pacientes (46%) apresentou valores de PSA total, antes da cirurgia, no intervalo de 4 ng/ml a 5,9 ng/ml. Todos os pacientes apresentaram grau de Gleason entre 5 e 7. Houve complicações precoces em dois indivíduos, sendo um caso de prolapso de reto e outro de fístula perineal. As complicações tardias mais freqüentes foram impotência (77%) e incontinência urinária (62%). Atualmente, 85% dos pacientes estão com PSA total menor que 1ng/ml.

Conclusão:

a PRVP é um método eficaz para tratar o câncer de próstata, uma vez que os níveis de PSA total após a cirurgia reduziram em 85% dos casos. Entretanto, ocorreram altos índices de impotência e incontinência urinária como complicações tardias.
ABSTRACT

Objective:

this study intends to assess the initial experience with RPP of a surgical team in a non-university hospital.

Methods:

13 records of patients who underwent RPP from January 2005 to May 2006 were retrospectively analyzed. The following data were studied age; total PSA; Gleason score; early complications, late complications and total PSA 3 months afier the surgery.

Results:

the average age ofthe patients was 64.5 years. Most patients (46%) had total PSA before the surgery ranging between 4 ng/ml and 5.9 ng/ml. All patients presented Gleason score between 5 and 7. There were two cases of early complications rectal prolapse and perinealfistula. The mostfrequent late complications were impotence (77%) and urinary incontinence (62%). The total PSA of 85% ofthe patients is currently lesser than 1ng/ml.

Conclusion:

RPP is an efficient method to deal with prostate cancer, because the levels of total PSA afier surgery were reduced in 85% of the cases. However, high levels of impotence and urinary incontinence occurred as late complications.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Períneo / Prostatectomia / Neoplasias da Próstata Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. para. med Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Hospital Guadalupe/BR / Universidade Federal do Pará/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Períneo / Prostatectomia / Neoplasias da Próstata Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. para. med Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Hospital Guadalupe/BR / Universidade Federal do Pará/BR
...