Your browser doesn't support javascript.
loading
Introduced and cryptogenic species and their management in Paranaguá Bay, Brazil
Neves, Carolina Somaio; Rocha, Rosana Moreira da.
Afiliação
  • Neves, Carolina Somaio; Universidade Federal do Paraná. Programa de Pós Graduação em Ecologia e Conservação. BR
  • Rocha, Rosana Moreira da; Universidade Federal do Paraná. Departamento de Zoologia. Curitiba. BR
Braz. arch. biol. technol ; 51(3): 623-633, May-June 2008. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-487757
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
The aim of this work was to identify the introduced and cryptogenic species in encrusting and associated communities of hard substrates in Paranaguá Bay, Brazil, and to attempt to determine which of these species could negatively affect the local community to suggest management strategies for these species. At least four introduced species were found - a large number in comparison with other port surveys. These were the hydrozoan Garveia franciscana Torrey, 1902, the polychaete Polydora cornuta Bosc, 1902, the barnacles Amphibalanus reticulatus (Utinoni, 1967) and Striatobalanus amaryllis Darwin, 1854, all with potentially harmful impacts. Of the 33 cryptogenic species, four were also listed in the literature as causing negative effects. We propose the following management practices periodic cleaning of all underwater structures, population monitoring of invasive species and potential substrates, an information database of potential sources of introduction.
RESUMO
Espécies marinhas exóticas (= não-nativas) podem afetar drasticamente as comunidades das regiões em que são introduzidas. Prever quais espécies possuem maiores chances de causar impactos negativos é extremamente importante. Neste estudo, identificamos espécies introduzidas e criptogênicas entre as espécies incrustantes e associadas das comunidades que ocorrem nos substratos consolidados da marina do Iate Clube de Paranaguá. Com base em literatura, verificamos quais destas espécies são capazes de afetar negativamente a comunidade local e sugerimos recomendações para seu manejo adequado. Quatro espécies introduzidas foram identificadas, o que é uma cifra elevada quando comparada a outros levantamentos de biotas portuárias o hidrozoário Garveia franciscana Torrey, 1902, o poliqueta Polydora cornuta Bosc, 1902, e as cracas Amphibalanus reticulatus (Utinoni, 1967) e Striatobalanus amaryllis Darwin, 1854, todas com efeitos negativos já registrados em outros locais. Entre as 33 espécies criptogênicas, quatro também são relatadas na literatura pertinente como causadoras de impactos negativos. Ações de manejo propostas incluem limpeza periódica dos cascos das embarcações e estruturas da marina, monitoramento das populações de espécies com potencial invasor, monitoramento dos substratos naturais para detecção de espécies introduzidas, criação de um banco de dados com informações sobre as viagens dos barcos de recreio e possíveis rotas de dispersão das espécies.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Braz. arch. biol. technol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Paraná/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Braz. arch. biol. technol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Paraná/BR
...