Your browser doesn't support javascript.
loading
Effect of the extract of Ricinus communis L. on the osmotic fragility, labeling of red blood cells with Technetium-99m and morphology of the cells
Braz. arch. biol. technol ; 51(6): 1139-1146, Nov.-Dec. 2008. ilus, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: lil-504035
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
The aim of this study was to evaluate the influence of the proteic extract of R. communis on the cell physiology by the osmotic fragility, labeling of the blood elements with the 99mTc and cell morphology. To evaluate the osmotic fragility, the blood samples of the Wistar rats were incubated with the concentrations of R. communis and with the solutions of NaCl (0.4; 0.7; 0.9 percent). In the labeling of the blood elements procedure, the rat blood was treated with a solution of Tc-99m and TCA at 5 percent, determining the rate of radioactivity ( percentATI) in the plasma (P) and in the red blood cells (RBC). The soluble and insoluble fractions of the plasma were also evaluated. The cells morphology submitted to the extract was evaluated by the optical microscopy (x40). The results indicated that the rate of the hemolysis increased in the presence of 0.125 mg/mL of the extract. There was a decay of 49.69 percent in the rate of ATI in the insoluble fraction of the cells, with the morphological alterations in the red blood cells. These results suggested that the extract changed the capability of binding of the red blood cells due to the stannous ion oxidation, modifying the cells structure.
RESUMO
Produtos naturais são usados freqüentemente por muitas pessoas no tratamento do câncer. O Ricinus communis L é uma Euforbiaceae que apresenta propriedades laxativas, purgativas e antitumorais. O objetivo deste trabalho é estudar a influência da fração protéica do extrato hidroalcoólico de R. communis L. na fisiologia celular através da fragilidade osmótica, da marcação de elementos sanguíneo com 99mTc e da morfologia celular. Para avaliar a fragilidade osmótica, amostras de sangue de ratos Wistar foram incubadas com concentrações de R. communis e com soluções de NaCl (0,4; 0,7; 0,9 por cento). No procedimento de marcação de elementos sanguíneos, as amostras de sangue foram tratadas com solução de Tc-99m e TCA à 5 por cento, determinando o percentual de radioatividade ( por centoATI) no plasma (P) e nas células vermelhas (RBC); as frações solúvel e insolúvel do plasma também foram avaliadas. A morfologia das células submetidas ao extrato foi avaliada por microscopia óptica (x40). Os resultados indicam que o extrato na concentração de 0,125 mg/mL provoca hemólise de 49,69 por cento , no por cento ATI na fração insolúvel das células, ocorrendo alterações morfológicas das células sangüíneas. Esses resultados sugerem que o extrato radiomodifica a ligação do 99mTc às células vermelhas. Isto pode ser devido à oxidação do íon estanoso, a um processo de competição com os sítios de ligação do 99mTc ou por modificação das estruturas da membrana.

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. arch. biol. technol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Pernambuco/BR