Your browser doesn't support javascript.
loading
Evidências biológicas do treino de controle do stress em pacientes com hipertensão / Biological evidences of the stress management training in patients with hypertension
Malagris, Lucia Emmanoel Novaes; Brunini, Tatiana Marlowe Cunha; Moss, Monique Bandeira; Silva, Pedro José Araújo; Esposito, Bruna Renha; Ribeiro, Antonio Cláudio Mendes.
Afiliação
  • Malagris, Lucia Emmanoel Novaes; Universidade Federal do Rio de Janeiro.
  • Brunini, Tatiana Marlowe Cunha; Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
  • Moss, Monique Bandeira; Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
  • Silva, Pedro José Araújo; Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
  • Esposito, Bruna Renha; Universidade Federal do Rio de Janeiro.
  • Ribeiro, Antonio Cláudio Mendes; Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
Psicol. reflex. crit ; 22(1): 60-68, 2009. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-517379
Biblioteca responsável: BR574.2
RESUMO
O presente estudo objetivou avaliar o efeito do treino de controle de stress (TCS) em um grupo de pacientes hipertensas. Utilizou-se como critério para avaliação alterações na via L-arginina-óxido nítrico (NO). Participaram do estudo mulheres hipertensas (n=44) e normotensas (n=25), sendo que o TCS em grupo foi administrado em 14 hipertensas, observando-se as mudanças no nível de stress e no transporte da L-arginina. Em hipertensão, o transporte de L-arginina, através do sistema y+L, mostrou-se reduzido, assim como o transporte de L-arginina pelos sistemas y+L e y+ em pacientes hipertensas estressadas quando comparadas com normotensas estressadas. A redução do stress pelo TCS em hipertensas estressadas, restaurou o transporte de L-arginina através do sistema y+ em níveis observados em pacientes hipertensas não-estressadas.
ABSTRACT
The objective of the present study was to evaluate the effect of stress management training in a group of hypertensive patients. Alterations of L-arginine-nitric oxide (NO) pathway were used as an evaluation criterion. Hypertensive (n=44) and normotensive (n=25) women participated in this study, and the stress management training was performed with a group of 14 hypertensive patients, observing the changes in the stress level and in L-arginine transport. In hypertension, the transport of L-arginine, via system y+, was reduced. Moreover, stressed hypertensive patients had a reduction of L-arginine transport by both systems, y+ and y+L, compared to stressed normotensive patients. The reduction of stress with stress management training in stressed hypertensive patients restored the transport of L-arginine via system y+ to the same levels of non-stressed hypertensive patients.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.4: Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Arginina / Estresse Fisiológico / Hipertensão Tipo de estudo: Síntese de evidências Limite: Adulto / Feminino / Humanos Idioma: Português Revista: Psicol. reflex. crit Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2009 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.4: Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Arginina / Estresse Fisiológico / Hipertensão Tipo de estudo: Síntese de evidências Limite: Adulto / Feminino / Humanos Idioma: Português Revista: Psicol. reflex. crit Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2009 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil