Your browser doesn't support javascript.
loading
Phonological analysis of substitution errors of speakers with apraxia of speech / Análise fonológica dos erros de substituição de falantes com apraxia de fala
Cera, Maysa Luchesi; Ortiz, Karin Zazo.
Afiliação
  • Cera, Maysa Luchesi; Federal University of São Paulo. Human Communication Disorders. São Paulo. BR
  • Ortiz, Karin Zazo; Federal University of São Paulo. Department of Speech Therapy. São Paulo. BR
Dement. neuropsychol ; 4(1)mar. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-542654
Biblioteca responsável: BR15.3
ABSTRACT
The literature on apraxia of speech describes the types and characteristics of phonological errors in this disorder. In general, phonemes affected by errors are described, but the distinctive features involved have not yet been investigated.

Objective:

To analyze the features involved in substitution errors produced by Brazilian-Portuguese speakers with apraxia of speech.

Methods:

20 adults with apraxia of speech were assessed. Phonological analysis of the distinctive features involved in substitution type errors was carried out using the protocol for the evaluation of verbal and non-verbal apraxia.

Results:

The most affected features were voiced, continuant, high, anterior, coronal, posterior. Moreover, the mean of the substitutions of marked to markedness features was statistically greater than the markedness to marked features.

Conclusions:

This study contributes toward a better characterization of the phonological errors found in apraxia of speech, thereby helping to diagnose communication disorders and the selection criteria of phonemes for rehabilitation in these patients.
RESUMO
A literatura sobre a apraxia de fala descreve os tipos e as características fonológicas dos erros neste distúrbio. Em geral, são descritos os fonemas acometidos pelos erros, porém os traços distintivos envolvidos ainda não foram estudados.

Objetivo:

Analisar os traços fonológicos envolvidos nas substituições cometidas por apráxicos falantes do português, falado no Brasil.

Métodos:

Participaram do estudo 20 adultos com apraxia de fala. Foi realizada análise fonológica dos traços distintivos envolvidos nos erros do tipo substituição cometidos na aplicação do protocolo de avaliação da apraxia verbal e não-verbal.

Resultados:

Os traços mais acometidos foram, respectivamente sonoro, contínuo, alto, anterior, coronal, posterior. Além disso, as médias das substituições do traço marcado para o não marcado foram estatisticamente maiores do que do traço não marcado para o marcado.

Conclusões:

Este estudo contribui para uma melhor caracterização dos erros fonológicos da apraxia de fala, auxilia no diagnóstico dos distúrbios da comunicação, bem como nos critérios de seleção dos fonemas para a reabilitação destes quadros.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Apraxias / Transtornos da Articulação / Reabilitação dos Transtornos da Fala e da Linguagem / Diagnóstico Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Dement. neuropsychol Assunto da revista: NEUROCIENCIAS / Neurologia / Psicologia / Psiquiatria Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Federal University of São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Apraxias / Transtornos da Articulação / Reabilitação dos Transtornos da Fala e da Linguagem / Diagnóstico Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Dement. neuropsychol Assunto da revista: NEUROCIENCIAS / Neurologia / Psicologia / Psiquiatria Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Federal University of São Paulo/BR
...