Your browser doesn't support javascript.
loading
Estudo de mutações causadoras de cardiomiopatia hipertrófica em um grupo de pacientes no Espírito Santo, Brasil / Study of mutations causing hypertrophic cardiomyopathy in a group of patients from Espirito Santo, Brazil / Estudio de mutaciones causadoras de cardiomiopatía hipertrófica en un grupo de pacientes en Espírito Santo, Brasil
Marsiglia, Júlia Daher Carneiro; Batitucci, Maria do Carmo Pimentel; Paula, Flávia de; Barbirato, Clara; Arteaga, Edmundo; Araújo, Aloir Queiroz de.
Afiliação
  • Marsiglia, Júlia Daher Carneiro; Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória. BR
  • Batitucci, Maria do Carmo Pimentel; Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória. BR
  • Paula, Flávia de; Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória. BR
  • Barbirato, Clara; Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória. BR
  • Arteaga, Edmundo; Universidade de São Paulo. São Paulo. BR
  • Araújo, Aloir Queiroz de; Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória. BR
Arq. bras. cardiol ; 94(1): 10-17, jan. 2010. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS | ID: lil-543854
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
Fundamento A cardiomiopatia hipertrófica (CH) é a doença cardíaca hereditária mais frequente, causada por mutações nos genes codificadores para proteínas do sarcômero. Embora mais de 430 mutações tenham sido identificadas em vários continentes e países, não há relato de que isso tenha sido estudado no Brasil.

Objetivo:

Conduzir um estudo genético para identificar mutações genéticas que causam a CH em um grupo de pacientes no estado do Espírito Santo, Brasil.

Métodos:

Usando a técnica SSCP, 12 exons dos três principais genes envolvidos com a CH foram estudados exons 15, 20, 21, 22 e 23 do gene da cadeia pesada da β-miosina (MYH7), exons 7, 16, 18, 22 e 24 do gene da proteína C ligada à miosina (MYBPC3) e exons 8 e 9 do gene da troponina T (TNNT2).

Resultados:

16 alterações foram encontradas, incluindo duas mutações, uma delas possivelmente patogênica no gene MYBPC3 gene (p. Glu441Lys) e a outra patogênica já descrita no gene TNNT2 (p.Arg92Trp); 8 variações de seqüência raras e 6 variações de seqüência com frequência alélica maior do que 1 por cento (polimorfismos).

Conclusão:

Com esses dados, é possível concluir que a genotipagem dos pacientes é factível em nosso meio. É possível que a variante p.Glu441Lys no exon 16 do gene MYBPC3 seja patogênica, resultando em um fenótipo mais leve do que o encontrado em associação com outras mutações. A variante p.Arg92Trp no exon 9 do gene TNNT2 não resulta em um fenótipo tão homogêneo como descrito anteriormente e pode levar à hipertrofia grave.
ABSTRACT

Background:

Hypertrophic cardiomyopathy (HC) is the most frequent cardiac hereditary disease, caused by mutations in sarcomere protein coding genes. Although more than 430 mutations have been identified in several continents and countries, there have been no reports of mutations in Brazil.

Objective:

To carry out a genetic study to identify genetic mutations that cause HC in a group of patients in Espirito Santo, Brazil.

Methods:

Using the SSCP technique, 12 exons from the three main genes involved in HC were studied exons 15, 20, 21, 22 and 23 of the β-myosin heavy chain gene (MYH7), exons 7, 16, 18, 22 and 24 of the myosin binding protein C gene (MYBPC3) and exons 8 and 9 of troponin T gene (TNNT2).

Results:

16 alterations were found, including two mutations, one of them possibly pathogenic in the MYBPC3 gene (p. Glu441Lys) and another pathogenic one, previously described in the TNNT2 gene (p.Arg92Trp), 8 rare sequence variations and 6 sequence variations with allelic frequency higher than 1 percent (polymorphisms).

Conclusion:

These data allow the conclusion that the genotyping of patients is feasible in our country. It is possible that the isolated p.Glu441Lys variant identified in exon 16 of the MYBPC3 gene is pathogenic, promoting a milder phenotype than that found when in association with other mutations. The p.Arg92Trp variant in the exon 9 of TNNT2 gene does not promote such a homogeneous phenotype as previously described and it can lead to severe hypertrophy.
RESUMEN
Fundamento La cardiomiopatía hipertrófica (CH) es la enfermedad cardíaca hereditaria más frecuente, causada por mutaciones en los genes codificadores para proteínas del sarcómero. Aunque se hayan identificado más de 430 mutaciones en varios continentes y países, no hay relato de que esto se haya estudiado en Brasil.

Objetivo:

Conducir un estudio genético para identificar mutaciones genéticas que causan la CH en un grupo de pacientes en el estado de Espírito Santo, Brasil.

Métodos:

Usando la técnica SSCP, se estudiaron 12 exones de los tres principales genes involucrados con la CH exones 15, 20, 21, 22 y 23 del gen de la cadena pesada de la β-miosina (MYH7), exones 7, 16, 18, 22 y 24 del gen de la proteína C unida a la miosina (MYBPC3) y exones 8 y 9 del gen de la troponina T (TNNT2).

Resultados:

Se encontraron 16 alteraciones, incluyendo dos mutaciones, una de ellas posiblemente patogénica en el gen MYBPC3 gen (p. Glu441Lys) y otra patogénica ya descrita en el gen TNNT2 (p. Arg92Trp); 8 variaciones de secuencia raras y 6 variaciones de secuencia con frecuencia alélica mayor que el 1 por ciento (polimorfismos).

Conclusiones:

Con estos datos, es posible concluir que el genotipaje de los pacientes es factible en nuestro medio. Es posible que la variante p.Glu441Lys en el exón 16 del gen MYBPC3 sea patogénica, resultando en un fenotipo más leve que el encontrado en asociación con otras mutaciones. La variante p.Arg92Trp en el exón 9 del gen TNNT2 no resulta en un fenotipo tan homogéneo como el descrito anteriormente y puede llevar a hipertrofia grave.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Polimorfismo Genético / Cardiomiopatia Hipertrófica / Troponina T / Mutação Limite: Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês / Espanhol / Português Revista: Arq. bras. cardiol Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Espírito Santo/BR / Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Polimorfismo Genético / Cardiomiopatia Hipertrófica / Troponina T / Mutação Limite: Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês / Espanhol / Português Revista: Arq. bras. cardiol Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Espírito Santo/BR / Universidade de São Paulo/BR
...