Your browser doesn't support javascript.
loading
Resistência antimicrobiana de amostras de staphylococcus aureus isoladas de recém-nascidos saudáveis / Antimicrobial resistance of staphylococcus aureus isolates obtained from healthy newborns / La resistencia a los antibióticos de staphylococcus aureus aisladas de recién nacidos saludables
Paiano, Marcelle; Bedendo, João.
Afiliação
  • Paiano, Marcelle; Universidade de Ingá. Departamento de Enfermagem. Maringá. BR
  • Bedendo, João; Universidade Estadual de Maringá. Departamento de Enfermagem. Maringá. BR
Rev. eletrônica enferm ; 11(4)dez. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-546458
Biblioteca responsável: BR584.1
RESUMO
Staphylococcus aureus oxacilina resistente é um dos principais patógenos associados à etiologia das infecções nosocomiais. Em recém-nascidos, a transmissão de S. aureus pode ocorrer durante o parto, mas também por meio de contato com familiares, profissionais da saúde e ambiente. O estudo foi realizado num hospital universitário no período de fevereiro a abril de 2007 e teve como objetivo determinar a frequência de portadores nasais de S. aureus entre recém-nascidos saudáveis, verificar o perfil de susceptibilidade das espécies isoladas frente aos antimicrobianos usualmente empregados na prática clínica e identificar a presença do gene mecA, que codifica a resistência a oxacilina. S. aureus foram isolados em 45 (90%) dos 50 indivíduos estudados e a resistência à oxacilina, determinada pelo método da Concentração Inibitória Mínima, foi observada em 5 amostras (11,1%). Destas amostras, em 4 (80%) foi detectada a presença do gene mecA. Destarte, os profissionais de saúde precisam estar particularmente atentos para a identificação de carreadores de S. aureus; pois estão diretamente envolvidos no cuidado e devem tomar precauções para controlar e prevenir sua disseminação.
ABSTRACT
Oxacillin resistant Staphylococcus aureus is a major pathogen associated with the etiology of nosocomial infections. Transmission of S.aureus may occur in newborns during delivery, however, it can also occur through contact with relatives, healthcare professionals and the environment. This study was carried out in a University hospital from February to April of 2007, in order to investigate the frequency of S.aureus nasal carriers among healthy newborns; the profile of susceptibility of isolated species to the antibiotics usually administered in clinical practice; and to identify the presence of gene which encodes resistance to Oxacillin (mecA gene). Staphylococcus aureus was isolated in 45 (90%), out of the 50 subjects investigated. Oxacillin resistance, determined by measuring the Minimum Inhibitory Concentration, was observed in 5 samples (11.1%). In 4 of the samples analyzed (80%), it was detected the presence of the mecA gene. Therefore, healthcare professionals are advised to take particular attention in order to identify the bearers/carriers of S. aureus, since such professionals are directly involved in providing care to patients; thus they must take precautions to control and prevent the germ spread.
RESUMEN
Staphylococcus aureus oxacilina resistente es uno de los principales patógenos asociados a la etiología de las infecciones nosocomiales. En recién nacidos, la transmisión del S. aureus puede darse durante el parto, pero también puede ocurrir por medio del contacto con familiares, profesionales de la salud o por el medio ambiente. El estudio se realizó en un hospital universitario, en el período de febrero a abril de 2007 y tuvo como objetivo determinar la frecuencia de portadores nasales del S. aureus entre recién nacidos sanos, comprobar el perfil de susceptibilidad de las especies aisladas frente a los antimicrobianos que se emplean generalmente en la práctica clínica y identificar la presencia del gene mecA, que codifica la resistencia a la oxacilina. Se aislaron S. aureus en 45 (90%) de los 50 sujetos estudiados y en 5 muestras (11,1%) se observó resistencia a la oxacilina, determinada por el método de la Concentración Inhibitoria Mínima. De esas muestras, en 4 de ellas (80%) se detectó la presencia del gene mec. A. Por lo tanto, es necesario que los profesionales de salud estén particularmente atentos para la identificación de agentes del S. aureus, porque se encuentran directamente involucrados en el cuidado y deben tomar precauciones para controlar y prevenir su diseminación.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.9: Reduzir o número de mortes por produtos químicos perigosos e contaminação do ar e água do solo Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Staphylococcus aureus / Resistência a Medicamentos / Recém-Nascido Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. eletrônica enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2009 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Maringá/BR / Universidade de Ingá/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.9: Reduzir o número de mortes por produtos químicos perigosos e contaminação do ar e água do solo Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Staphylococcus aureus / Resistência a Medicamentos / Recém-Nascido Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. eletrônica enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2009 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Maringá/BR / Universidade de Ingá/BR
...