Your browser doesn't support javascript.
loading
A antropologia como ferramenta para compreender as práticas de saúde nos diferentes contextos da vida humana / Anthropology as an instrument to enhance comprehension of health practices in different contexts of human living
Amadigi, Felipa Rafaela; Gonçalves, Evelise Ribeiro; Fertonani, Hosanna Pattrig; Bertocini, Judite Hennemann; Santos, Silvia Maria Azevedo dos.
Afiliação
  • Amadigi, Felipa Rafaela; Universidade do Vale do Itajaí. BR
  • Gonçalves, Evelise Ribeiro; Universidade Federal de Santa Catarina. BR
  • Fertonani, Hosanna Pattrig; Universidade Estadual de Maringá. BR
  • Bertocini, Judite Hennemann; Universidade Regional de Blumenau. BR
  • Santos, Silvia Maria Azevedo dos; Universidade Federal de Santa Catarina. BR
REME rev. min. enferm ; 13(1): 139-146, jan.-mar. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-546909
Biblioteca responsável: BR21.1
RESUMO
Tradicionalmente, o modelo biomédico costuma tratar as doenças dos indivíduos com base na explicação biológicapara suas causas e mecanismos de tratamento. Em geral, o significado que a doença assume para cada sujeito épouco considerado e compreendido pelos profissionais da saúde que atuam embasados, prioritariamente, nabiomedicina, fato que tem gerado conflitos e dificuldades na relação profissional-paciente. Neste artigo analisa-sea produção teórica sobre o uso do suporte conceitual da antropologia como ferramenta para melhor compreenderas práticas de saúde nos diferentes contextos da vida humana, utilizando como fonte teses, dissertações e livrosproduzidos no período entre 1990 e 2003. Observou-se um crescente, debate nos últimos dez anos, sobre os aspectospositivos do olhar da antropologia para a saúde, resultando em diversas produções teóricas interessadas em ampliara compreensão do complexo processo de adoecimento e sofrimento das pessoas. Conclui-se que o estabelecimentodo diálogo entre os atores sociais envolvidos nas práticas de saúde faz com que não fiquem caracterizadas como umespaço de exercício do poder, de um sujeito sobre outro, mas, sim, que se legitimem como processos promotores desaúde.
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Relações Profissional-Paciente / Prática Profissional / Assistência à Saúde / Antropologia Limite: Humanos Idioma: Português Revista: REME rev. min. enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2009 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Maringá/BR / Universidade Federal de Santa Catarina/BR / Universidade Regional de Blumenau/BR / Universidade do Vale do Itajaí/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Relações Profissional-Paciente / Prática Profissional / Assistência à Saúde / Antropologia Limite: Humanos Idioma: Português Revista: REME rev. min. enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2009 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Maringá/BR / Universidade Federal de Santa Catarina/BR / Universidade Regional de Blumenau/BR / Universidade do Vale do Itajaí/BR
...