Your browser doesn't support javascript.
loading
Emergência de plântulas de Astrocaryum aculeatum G. May. em função da temperatura e do período de embebição das sementes / Emergence of Astrocaryum aculeatum seedlings according temperature and soaking period of seeds
Nazáro, Patrícia; Ferreira, Sidney Alberto do Nascimento.
Afiliação
  • Nazáro, Patrícia; Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. BR
  • Ferreira, Sidney Alberto do Nascimento; Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. BR
Acta amaz ; 40(1): 165-170, mar. 2010. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-546971
Biblioteca responsável: BR6.1
RESUMO
O presente trabalho teve por objetivo avaliar a emergência de plântulas de Astrocaryum aculeatum a partir de sementes submetidas a diferentes temperaturas e períodos de embebição. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 (temperaturas de embebição em água 25ºC, 30ºC, 35ºC e 40ºC) X 3 (períodos de embebição 2, 4 e 6 dias), com testemunha (sem embebição) e com quatro repetições. As semeaduras foram realizadas em viveiro. A emergência e o índice de velocidade de emergência só diferiram entre a testemunha e os tratamentos aplicados, independentes do período e da temperatura, com resultados favoráveis para a embebição das sementes. O tempo médio de emergência apresentou efeito de interação significativo, destacando-se a utilização da temperatura de embebição de 40ºC, associada ao período de 4 dias, que proporcionou um menor tempo médio (163 dias). O tempo inicial de emergência foi menor na temperatura de 35ºC (80 dias), enquanto o tempo final de emergência não apresentou diferença entre as médias. Sementes embebidas por 2 dias apresentaram 50 por cento de sementes mortas ao final do experimento, enquanto as embebidas por 4 dias, apenas 38 por cento. A emergência de plântulas de A. aculeatum foi favorecida pela embebição, independente da temperatura e do período utilizados.
ABSTRACT
This study evaluated the seedling emergence of Astrocaryum aculetum seeds soaked in water for different periods at different temperatures. The experimental design was entirely randomized, in factorial 4 (temperatures of soaking in water 25ºC, 30ºC, 35ºC e 40ºC) X 3 (period of soaking 2, 4 and 6 days), additional treatment (control, without soaking), with four replications. Before (control) and after the soaking periods in different temperatures, the seeds were planted in nursery. The emergence and its velocity differed only in the comparison of the control with the applied treatments, with favorable results of all soak treatments, independent of temperature and duration. The mean time of emergence presented a significant interaction effect, with the four day 40ºC soaking temperature period, presenting a lower mean time (163 days). The initial emergence time was lower in 35ºC temperature (80 days), while the final time didn't show differences among means. Seeds soaked for two days had 50 percent dead seeds, while seeds soaked for four days had just 38 percent. Seedling emergence was favored by soaking, independent of temperature and duration.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Germinação / Dormência de Plantas Idioma: Português Revista: Acta amaz Assunto da revista: Ciência Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Germinação / Dormência de Plantas Idioma: Português Revista: Acta amaz Assunto da revista: Ciência Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia/BR
...