Your browser doesn't support javascript.
loading
Padronização e uso de um método imunoenzimático que utiliza células infectadas como antígeno no diagnóstico rotineiro do dengue / Standardization and use of an immunoenzymatic method using infected cells as antigens in routine diagnosing of dengue
Barreira, Luzia Aparecida Costa; Machado, Alex Martins; Aquino, Victor Hugo; Badra, Soraya Jabur; Figueiredo, Luiz Tadeu Moraes.
Afiliação
  • Barreira, Luzia Aparecida Costa; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Centro de Pesquisa em Virologia. Ribeirão Preto. BR
  • Machado, Alex Martins; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Centro de Pesquisa em Virologia. Ribeirão Preto. BR
  • Aquino, Victor Hugo; Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto. BR
  • Badra, Soraya Jabur; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Centro de Pesquisa em Virologia. Ribeirão Preto. BR
  • Figueiredo, Luiz Tadeu Moraes; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Centro de Pesquisa em Virologia. Ribeirão Preto. BR
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 43(3): 268-271, May-June 2010. ilus, graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-548521
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO

INTRODUÇÃO:

Este trabalho mostra a padronização e o uso do método imunoenzimático utilizando células infectadas como antígeno (EIA-ICC) no diagnóstico sorológico rotineiro do dengue.

MÉTODOS:

Na otimização do teste, com a dose de 1.000 TCID50 de vírus do dengue tipo 3 (DENV-3), foram utilizadas 100.000 células C636 infectadas 1000 TCID50 (DENV-3).

RESULTADOS:

Os resultados obtidos com EIA-ICC foram comparados com o kit comercial de dengue HUMAN. Os resultados foram altamente coincidentes; o EIA-ICC mostrou-se moderadamente sensível e com alta especificidade. O teste foi usado no diagnóstico sorológico de 1.797 amostras sorológicas de casos suspeitos de dengue durante a epidemia de Ribeirão Preto, em 2006. Na avaliação sorológica, 228 amostras foram positivas para IgM contra DENV-3, e 235 amostras foram positivas para IgG contra DEV-3, e em 35 amostras detectou-se positividade para IgM e IgG.

CONCLUSÕES:

O EIA-ICC mostrou-se confiável e simples sendo adequado ao diagnóstico sorológico do dengue.
ABSTRACT

INTRODUCTION:

This paper show the standardization and use of the immunoenzymatic method using infected cells as antigens (EIA-ICC) for routine serological diagnosing of dengue.

METHODS:

In optimizing the test, a dose of 1,000 TCID50 of dengue type 3 virus (DENV-3) was used, and 100,000 C636 cells infected with 1,000 TCID50 (DENV-3) were used.

RESULTS:

The results obtained with EIA-ICC were compared with the HUMAN commercial dengue kit. The results were highly concordant. The EIA-ICC showed moderate sensitivity and high specificity. The test was used for serologically diagnosing 1,797 blood samples from suspected dengue cases during the 2006 epidemic in Ribeirao Preto. From the serological evaluation, 228 samples were positive for IgM against DENV-3; 235 samples were positive for IgG against DENV-3; and 35 samples were positive for both IgG and IgM.

CONCLUSIONS:

EIA-ICC was shown to be reliable and simple, and suitable for serologically diagnosing dengue.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Técnicas Imunoenzimáticas / Dengue / Vírus da Dengue / Anticorpos Antivirais / Antígenos Virais Limite: Animais / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. Soc. Bras. Med. Trop Assunto da revista: Medicina Tropical Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Técnicas Imunoenzimáticas / Dengue / Vírus da Dengue / Anticorpos Antivirais / Antígenos Virais Limite: Animais / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. Soc. Bras. Med. Trop Assunto da revista: Medicina Tropical Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR
...