Your browser doesn't support javascript.
Adolescência e organização de personalidade borderline: caracterização dos vínculos afetivos / Adolescence and borderline personality disorder: characterization of affective bonds / Adolescente y transtorno de personalidad limitrofe: caracterización de los vínculos afectivos
Paidéia (Ribeiräo Preto); 20(47): 421-430, sept.-dic. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-573752
Biblioteca responsável: BR26.1
RESUMO
A demanda clínica atual inclui um número significativo de pacientes borderlines. Esse estudo buscou realizar uma revisão de literatura abrangente e não sistemática sobre os vínculos afetivos de adolescentes com indicadores de personalidade borderline. Foram consultadas bases de dados nacionais e internacionais, privilegiando-se publicações a partir de 1995, no referencial psicanalítico. Os estudos encontrados foram discutidos em três grupos: adolescência e cultura contemporânea, características da organização borderline na adolescência e vínculos afetivos desses adolescentes. Discute-se a importância dos vínculos de apego inseguro, a questão da psicopatologia materna e o papel das experiências traumáticas na história de vida desses pacientes.
ABSTRACT
Currently, there are a large number of borderline patients in health services. This is a comprehensive and non-systematic literature review on adolescents' emotional bonds and borderline personality disorder. National and international databases were searched, and publications addressing the psychoanalytic theory since 1995 were analyzed. The identified studies were discussed in three groups: adolescents and contemporary culture; features of borderline organization in adolescence; and adolescents' affective ties. The importance of insecure attachment, maternal psychopathology and the role of traumatic experiences in these patients' lives are discussed.
RESUMEN
Hoy la demanda clinica incluye muchos pacientes borderline. Este estudio realiza una revisión exhaustiva y no sistemática de la literatura sobre los vínculos emocionales de los adolescentes borderline. Se consultó a las bases de datos nacionales e internacionales, con preferencia a las publicaciones a partir de 1995, en las referencias psicoanalíticas. Los estudios se examinaron en tres grupos: los adolescentes y la cultura contemporánea, las características de la organización borderline en la adolescencia y vínculos emocionales de los adolescentes. Se discute la importancia del apego inseguro, la psicopatología materna y el papel de las experiencias traumáticas en la historia de la vida.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Transtorno da Personalidade Passivo-Agressiva / Apego ao Objeto Limite: Adolescente / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Paidéia (Ribeiräo Preto) Assunto da revista: Educação / Psicologia Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade do Vale do Rio dos Sinos/BR