Your browser doesn't support javascript.
loading
Induced reproduction and reproductive characteristics of Rhinelepis aspera Agassiz, 1829 (osteichthyes: Siluriformes, Loricariidae)
Sato, Yoshimi; Fenerich-Verani, Nelsy; Verani, José Roberto; Godinho, Hugo Pereira; Sampaio, Edson Vieira.
Afiliação
  • Sato, Yoshimi; Três Marias Hydrobiology and Hatchery Station. Três Marias. BR
  • Fenerich-Verani, Nelsy; Federal University of São Carlos. Department of Hydrobiology. São Carlos. BR
  • Verani, José Roberto; Federal University of São Carlos. Department of Hydrobiology. São Carlos. BR
  • Godinho, Hugo Pereira; Federal University of Minas Gerais. Institute of Biological Sciences. Belo Horizonte. BR
  • Sampaio, Edson Vieira; Três Marias Hydrobiology and Hatchery Station. Três Marias. BR
Braz. arch. biol. technol ; 41(3)1998. graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-592556
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Rhinelepis aspera is the largest Loricariidae species found in the São Francisco river basin where it is now rarely caught. Brooders kept in tanks were hypophysed with crude carp pituitary extract (CCPE). Approximately 82 percent of the females responded positive to the treatment. The egg was opaque, demersal, round, yellow and adhesive. Egg stripping was done at 212 hour-degrees (= 8.2 h) after application of the second dose of CCPE (water temperature = 25-26 ºC). Hatching of the larvae occurred at 1022 hour-degrees (= 42.2 h), after fertilization of the eggs (water temperature =24-25 ºC). Fertilization rate of the eggs was 72 percent. Absolute fecundity (AF), initial fertility (IF) and final fertility (FF) in relation to the females' body weight are expressed, respectively, by the equations AF = - 33993 + 122308 Wt (r² = 0.88), IF = - 14823 + 58619 Wt (r² = 0.71) and FF = - 6553 + 29741 (r² = 0.61).
RESUMO
Rhinelepis aspera é a espécie que atinge maior porte dentre os Locariidae da bacia do rio São Francisco onde é hoje raramente capturada. Reprodutores mantidos em viveiros foram hipofisados com extrato bruto de hipófise de carpa (EBHC). Aproximadamente 82 por cento das fêmeas responderam positivamente ao tratamento. Seus ovos eram opacos, demersais, arredondados, amarelados e adesivos. A extrusão dos ovos foi feita a 212 horas-graus (= 8,2 h) após a aplicação da segunda dose de EBHC (temperatura da água = 25-26 ºC). A eclosão das larvas ocorreu a 1022 horas-graus (= 42,2 h) após a fertilização dos ovos (temperatura da água = 24-25 ºC). A taxa de fertilização dos ovos foi de 72 por cento. Fecundidade absoluta (AF), fertilidade inicial (IF) e fertilidade final (FF) em relação ao peso corporal das fêmeas foram expressa, respectivamente, pelas equações AF = - 33993 + 122308 Wt (r² = 0,88), IF = - 14823 + 58619 Wt (r² = 0,71) e FF = - 6553 + 29741 (r² = 0.61).


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. arch. biol. technol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Federal University of Minas Gerais/BR / Federal University of São Carlos/BR / Três Marias Hydrobiology and Hatchery Station/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. arch. biol. technol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Federal University of Minas Gerais/BR / Federal University of São Carlos/BR / Três Marias Hydrobiology and Hatchery Station/BR
...