Your browser doesn't support javascript.
loading
Estrategias de enfrentamiento (Coping) de hijos que tienen la madre o el padre internado en una Unidad de Terapia Intensiva (UTI) / Coping Strategies of Children who have a Mother or Father in a Hospital Intensive Care Unit (ICU)
de Azevedo Lima, Fernanda; Lopes de Almeida Amazonas, Maria Cristina; Nunes de Menezes, Walfrido.
Afiliação
  • de Azevedo Lima, Fernanda; Instituto Brasileiro de Gestão e Marketing. Faculdade IBGM.
  • Lopes de Almeida Amazonas, Maria Cristina; Universidade Católica de Pernambuco.
  • Nunes de Menezes, Walfrido; Universidade Federal de Pernambuco, UFPE. BR
Diversitas perspectiv. psicol ; 8(1): 151-164, jun. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-639857
Biblioteca responsável: CO332
RESUMEN
La presente investigación tuvo el objetivo de verificar las estrategias de enfrentamiento utilizadas por hijos que tienen la madre o el padre internado en una Unidad de Terapia Intensiva (UTI). Participaron 30 hijos, de ambos sexos, que contestaron a un cuestionario sociodemográfico y el inventario de estrategias de Coping de Folkman & Lazarus (1985). El procedimiento de análisis del inventario fue 1) Puntuación obtenida por el participante, en los ítems de cada factor correspondiente a las estrategias de enfrentamiento; 2) Cálculo de los coeficientes de correlación de Spearman, entre las 66 cuestiones del inventario y algunas variables como religión, franja de edad, escolaridad y filiación. Existe correlación significativa positiva o negativa entre estas variables y algunos ítems del inventario, pero esto no es lo suficiente para afirmar que hay correlación entre las variables y determinadas estrategias. A pesar de que los participantes utilizaran todas las estrategias de enfrentamiento, las predominantes fueron revaluación positiva (97%); soporte social (93%); y resolución de problemas (77%). Estos datos corroboran los hallazgos de otras investigaciones sobre la temática y pueden subsidiar una práctica más efectiva del equipo de salud junto a esa populación.
RESUMO
Este estudo teve como objetivo verificar as estratégias de enfrentamento utilizadas por filhos que possuem a mãe ou o pai internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Participaram 30 filhos, de ambos os sexos, que responderam Uma Ficha Sócio Demográfica e o Inventário de Estratégias de Coping de Folkman e Lazarus (1985). A análise das respostas no inventário se deu em dois momentos 1) contagem da pontuação obtida por cada participante, nos itens de cada fator correspondente às estratégias de enfrentamento; 2) cálculo dos coeficientes de Correlação de Spearman entre as 66 questões do Inventário e algumas variáveis Religião; Faixa etária, Escolaridade e Filiação. Foi verificada correlação significativa positiva ou negativa entre estas variáveis e alguns itens do inventário, porém isto não é o suficiente para afirmar que há correlação entre as variáveis e determinadas estratégias. Embora os participantes tenham usado todas as estratégias de enfrentamento, as que predominaram foram Reavaliação Positiva (97%); Suporte Social (93%) e Resolução de Problemas (77%). Estes resultados corroboram estudos já realizados sobre esta temática e podem subsidiar uma prática mais efetiva da equipe de saúde junto a essa população.
ABSTRACT
This study aimed to examine the coping strategies used by children who have the mother or father admitted to an intensive care unit (ICU). 30 children of both sexes participated, they answerd the- Demographic and Socio Sheet and Coping Strategies Inventory of Folkman and Lazarus (1985). The analysis of responses in the inventory took place in two stages 1) counting the score of each participant, the items of each factor corresponding to the coping strategies. 2) calculation of Spearman correlation coefficients among the and some 66 issues of the inventory variables like religion, age, education and filiation. There is a significant positive or negative correlation between these variables and some inventory items, but this is not enough to say that there is correlation between the variables specific and strategies. Although participants used all strategies, those that predominated were positive reappraisal (97%), social support (93%) and problem solving (77%). These results corroborate previous studies' findings on this topic and can support a more effective practice of the health team whit this population.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Diversitas perspectiv. psicol Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2012 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Pernambuco, UFPE/BR
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Diversitas perspectiv. psicol Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2012 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Pernambuco, UFPE/BR
...