Your browser doesn't support javascript.
Escala do controle da ação para o diagnóstico de desempenho em estudantes de Enfermagem / The action control scale for diagnosing performance in nursing students / Escala de control de la acción para diagnóstico de rendimiento en estudiantes de Enfermería
Rev. bras. enferm ; 66(6): 942-948, nov.-dez. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-699941
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
Pesquisa quantitativa que objetivou verificar a pertinência da Teoria do Controle da Ação para a identificação do risco para desempenho insatisfatório no planejamento dos cuidados preventivos para úlceras por pressão. A orientação ação-estado trata das diferenças individuais e da capacidade de regular as emoções, cognições e atitudes para concluir as ações intencionais. Para a coleta dos dados, o Instrumento de Avaliação Discente e o Questionário HAKEMP 90, derivado da referida teoria, foram aplicados em 46 estudantes da Graduação em Enfermagem. A análise evidenciou sensibilidade elevada (0,84) para o diagnóstico do risco para desempenho insatisfatório e especificidade elevada (0,90) para a detecção da ausência do risco. Os resultados recomendam o questionário HAKEMP 90 como recurso diagnóstico, por identificar elementos essenciais para a formação do enfermeiro, como a aprendizagem ativa, a regulação dos processos cognitivos e a relevância dos cuidados fundamentais de enfermagem no ambiente hospitalar.
ABSTRACT
Quantitative research aimed to verify the relevance of Action Control Theory for the identification of risk for poor performance in the planning of preventive care for pressure ulcers. The action - state orientation deals with individual differences and the ability to regulate emotions, cognitions and attitudes to complete the intentional actions. The instruments used were the Student Assessment Instrument and HAKEMP 90, derived from this theory, in 46 undergraduate nursing students. The analysis showed high sensitivity (0.84) for the diagnosis of risk for poor performance and high specificity (0.90) for detecting the absence of risk in the care planning. The results suggest the HAKEMP 90 as a diagnostic tool for identifying essential elements of nursing education as active learning, regulation of cognitive processes and relevance of basic nursing care in hospital.
RESUMEN
Investigación cuantitativa desarrollada con fin de verificar la pertinencia de la Teoría del Control de Acción para identificación de riesgos de bajo desempeño en planificación de atención preventiva de úlceras por presión. La orientación acción - estado describe diferencias individuales y capacidad de regular emociones, cogniciones y actitudes para completar acciones intencionales. El Instrumento de Evaluación de Estudiantes y el Cuestionario HAKEMP 90 se aplicaron en 46 estudiantes de enfermería. El análisis demostró alta sensibilidad (0,84) para el diagnóstico de riesgo de bajo rendimiento y alta especificidad (0,90) para detectar la ausencia de riesgo. Los resultados sugieren que la HAKEMP 90 como herramienta de diagnóstico para la identificación de los elementos esenciales de la educación de enfermería como el aprendizaje activo, la regulación de los procesos cognitivos y la relevancia de los cuidados básicos de enfermería en el hospital.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Estudantes de Enfermagem / Competência Clínica / Lesão por Pressão / Educação em Enfermagem / Avaliação de Desempenho Profissional Aspecto clínico: Diagnóstico Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. bras. enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR