Your browser doesn't support javascript.
loading
Conformity of pre-gestational weight measurement and agreement of anthropometric data reported by pregnant women and those recorded in prenatal cards, City of Rio de Janeiro, 2007-2008 / Conformidade da afericao de peso no pre-natal e concordancia das informacoes antropometricas referidas pelas gestantes e registradas nos cartoes de pre-natal, Municipio do Rio de Janeiro, 2007-2008
Niquini, Roberta Pereira; Bittencourt, Sonia Azevedo; Leal, Maria do Carmo.
Afiliação
  • Niquini, Roberta Pereira; Fundacao Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saude Publica Sergio Arouca. Rio de Janeiro. BR
  • Bittencourt, Sonia Azevedo; Fundacao Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saude Publica Sergio Arouca. Rio de Janeiro. BR
  • Leal, Maria do Carmo; Fundacao Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saude Publica Sergio Arouca. Rio de Janeiro. BR
Rev. bras. epidemiol ; 16(3): 670-681, set. 2013. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-700198
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT

Objective:

To assess the conformity of the weight measurement process in the pre-gestational care offered in the city of Rio de Janeiro by primary units and hospitals of the National Health System, as well as to verify the agreement between the anthropometric data reported by pregnant women and those recorded in prenatal cards.

Method:

A cross-sectional study was conducted in 2007 - 2008 with two cluster samples one to obtain a sample of pregnant women to be interviewed and another one for the weight measurement procedures to be observed. The conformity of the weight measurement process was evaluated according to the Ministry of Health standards, and the agreement between the two sources of anthropometric data was evaluated using mean differences, Bland-Altman method, intraclass correlation coefficient (ICC) and weighted Kappa.

Results:

Out of the twelve criteria for weight measurement evaluation (n = 159 observations), three weren't in conformity (< 50% of conformity), two of them only need to be assessed when the scale is mechanical. For the interviewed pregnant women (n = 2,148), who had the two sources of anthropometric data, there was a tendency of self-reported height overestimation and pre-gestational and current weight and Body Mass Index underestimation. Accordance between the two sources of anthropometric information, according to ICC and weighted Kappa, were high (> 0.80).

Conclusion:

Studies may use weight and height information reported by pregnant women, in the absence of prenatal cards records, when it is an important economy to their execution, although the improvement of these two sources of information by means of better anthropometric process is necessary. .
RESUMO

Objetivo:

Avaliar a conformidade do processo de pesagem no atendimento pré-natal de unidades básicas e hospitais do Sistema Único de Saúde no Município do Rio de Janeiro, bem como verificar a concordância das informações antropométricas referidas pelas gestantes e registradas nos cartões de pré-natal.

Método:

Foi conduzido um estudo seccional em 2007 - 2008 para o qual foram realizadas duas amostragens por conglomerado, uma para obter a amostra de gestantes a serem entrevistadas e outra para obter a dos processos de pesagem a serem observados. A conformidade da pesagem foi avaliada segundo normas do Ministério da Saúde e a concordância entre as duas fontes de informação antropométrica foi verificada por meio das médias das diferenças, método de Bland-Altman, coeficiente de correlação intraclasse (CCIC) e Kappa ponderado.

Resultados:

Dos doze critérios de pesagem (n = 159 observações), três revelaram-se não conformes (< 50% de conformidade), dois deles necessários apenas em balanças mecânicas. Para as gestantes entrevistadas (n = 2.148), que tinham as duas fontes de informação antropométrica, observaram-se tendências dos valores referidos superestimarem a estatura e subestimarem o peso e Índice de Massa Corporal pré-gestacionais e atuais. As concordâncias entre as duas fontes de informação, segundo CCIC e Kappa ponderado, foram altas (> 0,80).

Conclusão:

Estudos podem usar informações de peso e estatura referidos pelas gestantes, na ausência de registros nos cartões, quando esta economia for importante para sua execução, embora seja necessário o aprimoramento dessas duas fontes de informação, mediante melhoria do processo antropométrico. .
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Cuidado Pré-Natal / Peso Corporal / Registros Médicos / Fidelidade a Diretrizes / Autorrelato Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Gravidez País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Rev. bras. epidemiol Assunto da revista: Epidemiologia / Saúde Pública Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Fundacao Oswaldo Cruz/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Cuidado Pré-Natal / Peso Corporal / Registros Médicos / Fidelidade a Diretrizes / Autorrelato Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Gravidez País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Rev. bras. epidemiol Assunto da revista: Epidemiologia / Saúde Pública Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Fundacao Oswaldo Cruz/BR
...