Your browser doesn't support javascript.
loading
Socio-linguistic analysis of the Charter of Citizens' Rights and Obligations in Health Services / Análise sociolinguística da Carta dos Direitos e Deveres dos Cidadãos nos Serviços de Saúde / Análisis socio-lingüístico de la Carta de Derechos y Obligaciones de los Ciudadanos en los Servicios de Salud
Granero-Molina, José; Fernández-Sola, Cayetano; Aguilera-Manrique, Gabriel; São-Romão-Preto, Leonel; Lara-Palomo, Inmaculada Carmen; Castro-Sánchez, Adelaida M.
Afiliação
  • Granero-Molina, José; s.af
  • Fernández-Sola, Cayetano; s.af
  • Aguilera-Manrique, Gabriel; s.af
  • São-Romão-Preto, Leonel; s.af
  • Lara-Palomo, Inmaculada Carmen; s.af
  • Castro-Sánchez, Adelaida M; s.af
Texto & contexto enferm ; 22(4): 873-884, out.-dez. 2013.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-701518
Biblioteca responsável: BR17.1
ABSTRACT
The aim of this study is to carry out a socio-linguistic analysis of the dissemination of the Charter of Citizens' Rights and Obligations in Public Health Services. We designed a qualitative investigation using observation and content analysis. A deductive analysis technique was followed, based on the "SPEAKING" model categories. The data analysis suggests a clear framework of rights and obligations has been established, but is not very familiar to patients and relatives. We can conclude that despite the widespread dissemination and publicity of the Citizens' Charter of Rights and Obligations, we still need the involvement of professionals. Nurses can develop a fundamental role in this process.
RESUMO
O objetivo deste estudo foi desenvolver uma análise sociolinguística da difusão da Carta dos Direitos e Deveres dos Cidadãos nos Serviços de Saúde Pública. Desenhamos uma investigação qualitativa seguida de uma estratégia analítico-dedutiva, com base nas categorias do modelo "SPEAKING". A análise dos dados sugere que um quadro claro de direitos e obrigações tenha sido estabelecida, mas não é muito familiar para pacientes e familiares. Concluímos que, apesar da ampla difusão e publicidade da Carta dos Direitos e Deveres dos Cidadãos, ainda precisamos do envolvimento dos profissionais. Os enfermeiros podem desenvolver um papel fundamental neste processo.
RESUMEN
El objetivo de este estudio es desarrollar un análisis socio-lingüístico de la difusión de la Carta de derechos y Obligaciones de los Ciudadanos en los Servicios Públicos de Salud. Diseñamos una investigación cualitativa mediante análisis de contenido y observación. Se sigue una estrategia analítica deductiva con base en las categorías del modelo "SPEAKING". El análisis de los datos sugiere el establecimiento de un claro marco de derechos y obligaciones, pero que no se ejerce habitualmente por los pacientes y familiares. Concluimos que, pese a la amplia difusión de la Carta de Derechos y Obligaciones de los ciudadanos, sigue siendo necesaria la implicación de los profesionales. Las enfermeras pueden desempeñar un papel fundamental en este proceso.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Direitos do Paciente / Ética Institucional / Estudos de Avaliação como Assunto / Comunicação em Saúde Limite: Humanos Idioma: Inglês Revista: Texto & contexto enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Direitos do Paciente / Ética Institucional / Estudos de Avaliação como Assunto / Comunicação em Saúde Limite: Humanos Idioma: Inglês Revista: Texto & contexto enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo
...