Your browser doesn't support javascript.
loading
A simulação realística como ferramenta educacional para estudantes de medicina / Realistic simulation as an educacional tool for medical students
Felipe Soares Brandão, Carolina; Collares, Carlos Fernando; de Fatima Marin, Heimar.
Afiliação
  • Felipe Soares Brandão, Carolina; UNICID. São Paulo. BR
  • Collares, Carlos Fernando; Universidade de Maastricht. Maastricht. NL
  • de Fatima Marin, Heimar; UNIFESP. São Paulo. BR
Sci. med ; 24(2): 187-192, abr-jun. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-742489
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO

Objetivos:

A simulação realística faz parte de uma nova possibilidade de ensino que engloba não somente as habilidades técnicas, mas o gerenciamento de crises, liderança, trabalho em equipe e raciocínio clínico que não reflitam prejuízos ao paciente real. O objetivo deste trabalho foi realizar revisão de literatura sobre a utilização da simulação realística, enfatizando a graduação médica e seus aspectos mais relevantes e atuais.Fonte de dados Foram consultadas as bases de dados PubMed e LILACS, aplicando-se os descritores patient simulation, students, medical e teaching/methods, considerando artigos de revisão publicados nos últimos três anos. Utilizando leitura flutuante dos resumos com a análise de conteúdo e dados registrados, foram encontrados 101 trabalhos de acordo com o propósito desta revisão.Síntese dos dados Os artigos relatam a importância e auxílio da tecnologia em agregar melhorias ao ensino médico. A segurança do paciente foi descrita como fator decisivo na implementação da simulação realística nas instituições de ensino mundiais. Diversas especialidades foram citadas nos artigos, além de diversos procedimentos específicos e aspectos de exame físico padronizado. Percebe-se interesse em estudar as possíveis formas de avaliar estudantes através dessa ferramenta. As habilidades em comunicação, liderança, tomada de decisão, trabalho em equipe e relacionamento médico/paciente aparecem nesta revisão como o maior benefício de informação aos estudantes.

Conclusões:

Embora a simulação realística esteja em franco crescimento e valorizada como importante recurso na formação, novos estudos precisam ser realizados e divulgados para fornecer evidências e mensurações concretas e efetivas dessa ferramenta educacional.
ABSTRACT

Aims:

Realistic simulation is part of a new possibility of teaching that encompasses not only the technical skills, but crisis management, leadership, team work, and clinical reasoning that do not reflect actual losses to the real patient. To conduct a review of literature on the use of realistic simulation emphasizing the undergraduate medical education and its most relevant and current aspects.Source of data PubMed and LILACS databases were consulted, applying the medical subject headings patient simulation, students, medical and teaching/methods, considering articles published in the past three years. Using fluctuating reading of the abstracts with content analysis and recorded data and examination, 101 studies were found in accordance with the purpose of this review.Summary of

findings:

Articles report the importance and support of technology in aggregating improvements to medical education. Patient safety was described as a decisive factor in the implementation of realistic simulation in institutions worldwide. Various specialties were mentioned among the articles in addition to several specific procedures and aspects of standardized physical examination. There is an interest in studying the possible ways to assess students through realistic simulation. Skills in communication, leadership, decision making, team work and relationship doctor/patient appear in this review as the greatest benefit of information to students.

Conclusions:

Although realistic simulation is valued and have a rapid growth as an important resource in education, further studies need to be conducted and disseminated to provide concrete and effective evidences and measurements of this educational tool.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Revisão sistemática Idioma: Português Revista: Sci. med Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil / Holanda Instituição/País de afiliação: UNICID/BR / UNIFESP/BR / Universidade de Maastricht/NL
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Revisão sistemática Idioma: Português Revista: Sci. med Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil / Holanda Instituição/País de afiliação: UNICID/BR / UNIFESP/BR / Universidade de Maastricht/NL
...