Your browser doesn't support javascript.
loading
Estratégias de enfrentamento e perfil de participação e atividades vocais em professoras da rede pública de ensino com e sem distúrbios de voz / Coping strategies and profile voice activities participation in teachers of public schools with and without voice disorders
Ferracciu, Cristiane Cunha Soderini; Santos, Luciano Veloso de Amorim; Teixeira, Liliane Reis; Almeida, Marcia Soalheiro.
Afiliação
  • Ferracciu, Cristiane Cunha Soderini; Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Maceió. BR
  • Santos, Luciano Veloso de Amorim; Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Maceió. BR
  • Teixeira, Liliane Reis; Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Maceió. BR
  • Almeida, Marcia Soalheiro; Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Maceió. BR
Rev. CEFAC ; 17(4): 1184-1194, jul.-ago. 2015. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-759444
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
Resumo

OBJETIVO:

verificar a associação entre o distúrbio vocal com as características sociodemográficas, os aspectos vocais, os tipos de estratégias de enfrentamento e o impacto vocal nas atividades diárias em professoras da rede estadual de ensino de Alagoas.

MÉTODOS:

cento e dez professoras foram submetidas à análise perceptivo-auditiva, aos protocolos Condição de Produção Vocal do Professor, Protocolo de Estratégias de Enfrentamento das Disfonias e Perfil de Participação e Atividades Vocais. Por meio da Escala Analógico-Visual avaliou o grau de distúrbio vocal até 35,5mm sem distúrbio e acima de 35,5mm com distúrbio. Foram utilizados para as análises estatísticas média, desvio padrão, mediana, Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher.

RESULTADOS:

os percentuais com distúrbio vocal foram mais elevados entre as que lecionavam entre 11 e 20 anos (44,6%) e as que lecionavam em duas a três escolas (49,1%). "Já faltou ao trabalho por alterações vocais e secreção/catarro na garganta" apresentaram associação com a presença do distúrbio vocal. Professoras dos dois grupos apresentaram uma tendência para a utilização das estratégias com foco no problema e não diferiram quanto à percepção do impacto vocal na realização de atividades diárias.

CONCLUSÃO:

professoras que possuem mais de 11 anos de docência; lecionavam em duas ou mais escolas; faltavam sempre ao trabalho por alterações vocais e apresentavam como sintoma vocal catarro/secreção na garganta apresentaram maiores chances de ter distúrbio vocal. A presença do distúrbio vocal não se mostrou significante para as dimensões do protocolo PPAV, assim como para os tipos de estratégias de enfrentamento.
ABSTRACT
Abstract

PURPOSE:

verifying the association between the voice disorder, with the socio-demographic characteristics, vocal aspects, the types of coping strategies, and the vocal impact on daily activities of teachers from State Schools of Alagoas.

METHODS:

110 teachers were submitted to a perceptive-hearing analysis, to a protocol called Condition of Vocal Production of the Teacher, a protocol of Coping Strategies of dysphonia, and a Profile of Participation and Vocal Activities. By using the Visual-Analogue Scale the level of voice disorder was assessed up to 35,5mm without presenting a disorder and over 35,5mm presenting a disorder. Statistical analyses were carried out, such as mean, standard deviation, medium, The Pearson chi-squared test and the Exact Fisher test measures.

RESULTS:

the percentages with voice disorder were higher among those who had taught for 11 to 20 years (44,6%), and those who had taught at two or three schools(49,1%). The teachers who had missed because of voice disorder and secretion/catarrh in the throat presented an association with the presence of voice disorder. Teachers in the two groups tended to allow the use of strategies as focus on the problem and did not differ in relation to the vocal impact in the daily activities.

CONCLUSION:

teachers who have been working for more than 11 years, used to teach at two or more schools. They would always miss work because they had change of voice and had some vocal symptoms such as catarrh/secretion in the throat and they tended to have voice disorder. The voice disorder didn't seem to be the most significant in terms of the dimensions of the protocol PAV as well as the different types of coping strategies.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. CEFAC Assunto da revista: Patologia da Fala e Linguagem Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. CEFAC Assunto da revista: Patologia da Fala e Linguagem Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas/BR
...