Your browser doesn't support javascript.
loading
A new species of Panaqolus (Siluriformes: Loricariidae) from the rio Madeira basin with remarkable intraspecific color variation
Cramer, Christian Andreas; Py-Daniel, Lúcia Helena Rapp.
Afiliação
  • Cramer, Christian Andreas; Universidade Federal de Rondônia. Departamento de Biologia. Porto Velho. BR
  • Py-Daniel, Lúcia Helena Rapp; Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia. Manaus. BR
Neotrop. ichthyol ; 13(3): 461-470, July-Sept. 2015. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-760455
Biblioteca responsável: BR68.1
ABSTRACT
The rio Madeira is the largest white-water tributary of the Amazon, and is currently the river drainage with the highest fish species diversity in the world. A new species of Panaqolus was recognized from the middle Madeira and Mamoré rivers (Brazil) and from the Madre de Dios drainage (Peru) and it is described herein. This new species is readily distinguished from its congeners by the large number of white dots distributed all over the body and by its remarkable amplitude of color pattern variation, ranging from a pale, light brown, to dark brown and almost black background coloration. The new species closely resembles P. albomaculatus but has more and smaller dots on the body, a smaller orbital diameter (12.5-16.8% head length vs. 16.0-20.0%) and longer maxillary barbels (9.7-19.6% head length vs. 1.6-8.9%). The new species is the second of the genus Panaqolus described for a Brazilian location after nearly 80 years of the description of P. purusiensis.
RESUMO
O rio Madeira é o maior afluente de água branca do rio Amazonas e é atualmente o rio com o maior número de espécies do mundo. Uma nova espécie de Panaqolusfoi reconhecida do médio rio Madeira, do rio Mamoré (ambos no Brasil) e da bacia do Río Madre de Dios (Peru) e é descrita aqui. Esta nova espécie se distingue de suas congêneres pela grande quantidade de pontos brancos espalhados pelo corpo e grande variabilidade na sua coloração, variando de um fundo branco a marrom claro até marrom escuro e quase preto. A espécie se assemelha a P. albomaculatus da qual se distingue por ter mais manchas de menor tamanho no corpo, olhos menores (12,5-16,8% do comprimento da cabeça vs. 16,0-20,0%) e barbilhões maxilares mais compridos (9,7-19,6% comprimento da cabeça vs. 1,6-8,9%). A nova espécie é a segunda de Panaqolus descrita para uma localidade no Brasil, aproximadamente 80 anos após a descrição de P. purusiensis.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Peixes-Gato Limite: Animais Idioma: Inglês Revista: Neotrop. ichthyol Assunto da revista: Biologia / Biologia Molecular / Fisiologia / Genética / Saúde Ambiental / ZOOLOGIA Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia/BR / Universidade Federal de Rondônia/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Peixes-Gato Limite: Animais Idioma: Inglês Revista: Neotrop. ichthyol Assunto da revista: Biologia / Biologia Molecular / Fisiologia / Genética / Saúde Ambiental / ZOOLOGIA Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia/BR / Universidade Federal de Rondônia/BR
...