Your browser doesn't support javascript.
loading
Insegurança alimentar em domicílios de indivíduos portadores de hipertensão e/ou diabetes / Food insecurity in households of patients with hypertension and diabetes
Vasconcelos, Sandra Mary Lima; Torres, Niedja Cristina Paciência; Silva, Patrícia Maria Candido; Santos, Tatiana Maria Palmeira dos; Silva, Juliana Vasconcelos Lyra da; Omena, Cristhiane Maria Bazílio de; Oliveira, Alane Cabral Menezes de.
Afiliação
  • Vasconcelos, Sandra Mary Lima; Universidade Federal de Alagoas. Faculdade de Nutrição. Laboratório de Nutrição em Cardiologia. Maceió. BR
  • Torres, Niedja Cristina Paciência; Universidade Federal de Alagoas. Faculdade de Nutrição. Laboratório de Nutrição em Cardiologia. Maceió. BR
  • Silva, Patrícia Maria Candido; Universidade Federal de Alagoas. Faculdade de Nutrição. Laboratório de Nutrição em Cardiologia. Maceió. BR
  • Santos, Tatiana Maria Palmeira dos; Universidade Federal de Alagoas. Faculdade de Nutrição. Laboratório de Nutrição em Cardiologia. Maceió. BR
  • Silva, Juliana Vasconcelos Lyra da; Universidade Federal de Alagoas. Faculdade de Nutrição. Laboratório de Nutrição em Cardiologia. Maceió. BR
  • Omena, Cristhiane Maria Bazílio de; Universidade Federal de Alagoas. Faculdade de Nutrição. Laboratório de Nutrição em Cardiologia. Maceió. BR
  • Oliveira, Alane Cabral Menezes de; Universidade Federal de Alagoas. Faculdade de Nutrição. Laboratório de Nutrição em Cardiologia. Maceió. BR
Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.) ; 28(2): 114-121, mar.-abr. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-762452
Biblioteca responsável: BR44.1
RESUMO
Fundamentos Pessoas que residem em domicílios com insegurança alimentar normalmente consomem uma dieta monótona, pobre em carboidratos complexos e rica em açúcares simples e gorduras. Tal condição associada à obesidade, diabetes mellitus (DM) e hipertensão arterial (HA) compromete a qualidade de vida e contribui para um maior risco de morbimortalidade, principalmente por doenças cardiovasculares.

Objetivos:

Avaliar fatores de risco cardiovascular (FRCV) em portadores de HA e/ou DM e sua relação com a condição socioeconômica e a situação de insegurança alimentar (IA) nos domicílios.

Métodos:

Estudo transversal. Avaliados (In) segurança alimentar domiciliar segundo a Escala brasileira de insegurança alimentar (EBIA) IA leve, moderada e severa; classe econômica e FRCV. Utilizou-se o teste do qui-quadrado, análise logística bivariada, OR com IC de 95% e p≤0,05.

Resultados:

Estudados 225 indivíduos 74,0% (n=166) hipertensos (H), 18,0% (n=41) hipertensos diabéticos (HD) e 8,0% (n=18) diabéticos (D); 80,9% eram mulheres, média de idade 60,3±11,19 anos e 64,0% pertencentes à classe econômica D. Residiam em domicílios em IA 78,0% dos H, 73,0% dos HD e 78,0% dos D. A frequência de FRCV entre os indivíduos em IA foi elevada 92,0% hipertensão, 80,0% hipercolesterolemia, 79,0% hiperglicemia, 76,0% sobrepeso/obesidade,73,0% obesidade abdominal e 72,0% hipertrigliceridemia. Verificou-se associação positiva entre IA e hipertensão (p=0,034), obesidade abdominal (p=0,009) e hipertrigliceridemia (p=0,001).

Conclusões:

A condição de insegurança predominante nos domicílios da população estudada representa fator de risco adicional, uma vez que a dificuldade de acesso a uma alimentação saudável em quantidade e qualidade compromete o tratamento e controle desses agravos.
ABSTRACT

Background:

People living in households with food insecurity typically have a monotonous diet, low in complex carbohydrates and rich in simple sugars and fats. Such condition associated with obesity, diabetes mellitus (DM) and hypertension (HA) compromises the quality of life and contributes to an increased risk of morbidity and mortality, especially from cardiovascular diseases.

Objectives:

To evaluate cardiovascular risk factors (CVRF) in patients with HA and/or diabetes mellitus and its relationship with the socioeconomic status and the situation of food insecurity (IA) in households.

Methods:

Cross-sectional study. Patients evaluated (In) household food security according to the Brazilian Scale of food insecurity (EBIA) Mild, moderate and severe FI; economic status and CVRF. We used the chi-square test, bivariate logistic regression, OR with 95% CI and p≤0.05.

Results:

The study included 225 patients 74.0% (n=166) hypertensive (M), 18.0% (n=41) diabetic hypertensive (HD) and 8.0% (n=18)diabetic patients (D); 80.9% were women, mean age 60.3±11.19 years and 64.0% belonging to the economy class D. The patients resided in households in FI 78.0% of H, 73.0% of HD and 78.0% of D. The frequency of CVRF among individuals in FI was high92.0% hypertension, 80.0% hypercholesterolemia, 79.0% hyperglycemia, 76.0% overweight/obesity, 73.0% abdominal obesity and 72.0% hypertriglyceridemia. There was a positive association between FI and hypertension (p=0.034), abdominal obesity (p=0.009) and hypertriglyceridemia (p=0.001).

Conclusions:

The predominant unsafe condition in the households of the population studied represents an additional risk factor, since thedifficulty of access to healthy food both in quantitative and quality terms compromises the treatment and control of these diseases.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Doenças Neglicenciadas Tema em saúde: Zoonoses Base de dados: LILACS Assunto principal: Fatores de Risco / Diabetes Mellitus / Segurança Alimentar e Nutricional / Hipertensão Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês / Português Revista: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.) Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Alagoas/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Doenças Neglicenciadas Tema em saúde: Zoonoses Base de dados: LILACS Assunto principal: Fatores de Risco / Diabetes Mellitus / Segurança Alimentar e Nutricional / Hipertensão Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês / Português Revista: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.) Assunto da revista: Cardiologia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Alagoas/BR
...