Your browser doesn't support javascript.
loading
A morte na perspectiva de enfermeiros e médicos de uma unidade de terapia intensiva pediátrica / Death in point of view of nurses and physicians in a pediatric intensive care unit
CHERER, Evandro de Quadros; QUINTANA, Alberto Manuel; PINHEIRO, Ursula Maria Stockmann.
Afiliação
  • CHERER, Evandro de Quadros; Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Porto Alegre. BR
  • QUINTANA, Alberto Manuel; Universidade Federal de Santa Maria. BR
  • PINHEIRO, Ursula Maria Stockmann; s.af
Estud. psicol. (Campinas) ; 32(4): 685-694, Oct.-Dec. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-764139
Biblioteca responsável: BR27.1
RESUMO
O presente estudo visou investigar a significação feita, em relação à morte, por enfermeiros e médicos de uma Unidade de Terapia Intensiva pediátrica. Participaram oito profissionais que atuavam, no mínimo há seis meses, em uma Unidade de Terapia Intensiva pediátrica do interior do Rio Grande do Sul, a saber, quatro enfermeiros e quatro médicos. Foi realizada entrevista semiestruturada guiada por eixos norteadores. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo, da qual surgiram duas categorias "A morte como fracasso" e "A morte escamoteada". Os resultados apontam que, para os participantes, a morte foi tipicamente significada como fracasso. Além disso, esta também foi ocultada, negada e banalizada, através de diversos recursos empregados na tentativa de escamoteá-la. Compreende-se que a elaboração psíquica apresenta-se como a melhor estratégia diante de um contexto tão complexo, sendo sugeridas abordagens educativas e terapêuticas que proporcionem espaços elaborativos para esses profissionais.
ABSTRACT
The aim of the present study was to investigate the significance of death from the perspective of nurses and physicians in a pediatric Intensive Care Unit. Four nurses and four physicians, who had been working in the pediatric Intensive Care Unit of a hospital inRio Grande do Sul for at least six months, participated in this study. A semi-structured interview with a pre-determined set of open questions was conducted. Data were analyzed using content analysis leading to the following two categories "Death as failure" and "Death concealed". The results show that death was typically seen as failure. Moreover, death was also usually hidden, denied, or even trivialized. The participants used several resources in trying to conceal it. However, it is understood that the psychic development itself is best strategy to deal with such a complex context. Therefore, educational and therapeutic approaches that help professionals to achieve psychic development should be adopted.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Pediatria / Psicologia / Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica / Morte Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Estud. psicol. (Campinas) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade Federal do Rio Grande do Sul/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Pediatria / Psicologia / Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica / Morte Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Estud. psicol. (Campinas) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade Federal do Rio Grande do Sul/BR
...