Your browser doesn't support javascript.
loading
Dual embryonic origin of maxillary lateral incisors: clinical implications in patients with cleft lip and palate
Garib, Daniela Gamba; Rosar, Julia Petruccelli; Sathler, Renata; Ozawa, Terumi Okada.
Afiliação
  • Garib, Daniela Gamba; Universidade de São Paulo. School of Dentistry. Bauru. BR
  • Rosar, Julia Petruccelli; Universidade de São Paulo. School of Dentistry. Bauru. BR
  • Sathler, Renata; Universidade de São Paulo. School of Dentistry. Bauru. BR
  • Ozawa, Terumi Okada; Universidade de São Paulo. School of Dentistry. Bauru. BR
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 20(5): 118-125, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-764539
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT

Introduction:

Cleft lip and palate are craniofacial anomalies highly prevalent in the overall population. In oral clefts involving the alveolar ridge, variations of number, shape, size and position are observed in maxillary lateral incisors. The objective of this manuscript is to elucidate the embryonic origin of maxillary lateral incisors in order to understand the etiology of these variations.Contextualization The hypothesis that orofacial clefts would split maxillary lateral incisor buds has been previously reported. However, recent studies showed that maxillary lateral incisors have dual embryonic origin, being partially formed by both the medial nasal process and the maxillary process. In other words, the mesial half of the lateral incisor seems to come from the medial nasal process while the distal half of the lateral incisor originates from the maxillary process. In cleft patients, these processes do not fuse, which results in different numerical and positional patterns for lateral incisors relating to the alveolar cleft. In addition to these considerations, this study proposes a nomenclature for maxillary lateral incisors in patients with cleft lip and palate, based on embryology and lateral incisors position in relation to the alveolar cleft.

Conclusion:

Embryological knowledge on the dual origin of maxillary lateral incisors and the use of a proper nomenclature for their numerical and positional variations renders appropriate communication among professionals and treatment planning easier, in addition to standardizing research analysis.
RESUMO

Introdução:

as fissuras de lábio e palato são malformações de alta prevalência na população. Nas fissuras que envolvem o rebordo alveolar, o incisivo lateral superior mostra variações de número, forma, tamanho e posição, o que o torna objeto de estudo, na tentativa de elucidar sua origem embrionária para compreender a etiologia dessas alterações.Contextualizaçãoexistia a hipótese de que a fissura orofacial seria capaz de segmentar o botão embrionário do incisivo lateral. No entanto, estudos recentes evidenciaram que o incisivo lateral superior possui dupla origem embrionária, sendo formado parcialmente pelo processo nasal medial e pelo processo maxilar. Em outras palavras, a metade mesial do incisivo lateral provém do processo nasal medial, enquanto a metade distal do incisivo lateral origina-se do processo maxilar. No paciente com fissura, não há fusão desses processos, o que resulta nos diferentes padrões numéricos e posicionais do incisivo lateral em relação à fissura. Além dessas considerações, propõe-se também uma nomenclatura para o incisivo lateral em pacientes com fissura labiopalatina, com embasamento na Embriologia, considerando-se sua posição em relação à fissura alveolar.

Conclusão:

o conhecimento embriológico da dupla origem do incisivo lateral superior e o emprego de uma nomenclatura adequada para as suas variações numéricas e posicionais facilita a comunicação entre profissionais, o planejamento dos casos e possibilita a realização de estudos clínicos comparativos.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Dental press j. orthod. (Impr.) Assunto da revista: Ortodontia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Dental press j. orthod. (Impr.) Assunto da revista: Ortodontia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR
...