Your browser doesn't support javascript.
loading
Proteína C-reativa, atividade física e aptidão cardiorrespiratória em adolescentes portugueses: um estudo transversal / Proteína C-reactiva, actividad física y la aptitud cardiorrespiratoria en adolescentes portugueses: un estudio transversal / C-reactive protein, physical activity and cardiorespiratory fitness in Portuguese adolescents: a cross-sectional study
Agostinis Sobrinho, Cesar Aparecido; Moreira, Carla Marisa Maia; Mota, Jorge Augusto Pinto da Silva; Santos, Rute Marina Roberto.
Afiliação
  • Agostinis Sobrinho, Cesar Aparecido; Universidade do Porto. Porto. PT
  • Moreira, Carla Marisa Maia; Universidade do Porto. Porto. PT
  • Mota, Jorge Augusto Pinto da Silva; Universidade do Porto. Porto. PT
  • Santos, Rute Marina Roberto; Universidade do Porto. Porto. PT
Cad. saúde pública ; 31(9): 1907-1915, Set. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-765125
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
O objetivo deste estudo foi investigar a associação da atividade física (AF) e aptidão cardiorrespiratória com os níveis de concentração proteína C-reativa (PCR) em adolescentes. Fizeram parte da amostra 386 adolescentes Portugueses (n = 207, feminino), de 12-18 anos avaliados no ano de 2012. AF foi avaliada com acelerômetros e a aptidão cardiorrespiratória pelo teste de Vai- e-vem da bateria de testes fitnessgram. Amostras sanguíneas foram obtidas após jejum de 10 horas e posteriormente avaliaram-se os níveis de concentração de PCR por alta sensibilidade. Foram encontradas associações significativas entre a PCR e a aptidão cardiorrespiratória no gênero feminino (r = -0,313; p < 0.001) e masculino (r = -0,163; p < 0,05), porém quando ajustadas pelo IMC essas associações permaneceram significativas apenas no gênero feminino (r = -0,215; p < 0,001). Para associações entre PCR e AF não se encontraram associações estatisticamente significativas em ambos os gêneros. Assim a PCR aparentemente se associa de forma negativa com a aptidão cardiorrespiratória, mas de forma diferenciada em função do gênero, sendo que no feminino parece menos dependente do IMC.
RESUMEN
El objetivo de este estudio fue investigar la asociación entre la actividad física (AF) y la aptitud cardiorrespiratoria con niveles de concentración de proteína C-reactiva (PCR) en adolescentes. La muestra estuvo conformada por 386 adolescentes portugueses (n = 207, femenino), de 12-18 años, evaluados en el año 2012. La AF se evaluó mediante acelerómetros y la aptitud cardiorrespiratoria se evaluó por el test de Leger de 20 metros. Las muestras de sangre se obtuvieron después de 10 horas de ayuno, y luego se evaluaron los niveles de concentración de PCR de alta sensibilidad. Se encontraron asociaciones significativas entre la PCR y aptitud cardiorrespiratoria en el género femenino (r = -0,313; p < 0,001) y masculino (r = -0,163; p < 0,05), pero cuando se ajustan por el IMC estas asociaciones se mantuvieron sólo significativas en el género femenino (r = -0,215; p < 0,001). Para las asociaciones entre la PCR y la AF no mostraron una asociación estadísticamente significativa en ambos géneros. Así, aparentemente la PCR se asoció negativamente con la aptitud cardiorrespiratoria, pero de manera diferente según el género, siendo que en el femenino parece ser menos dependiente del IMC.
ABSTRACT
The goal of this study was to investigate the association of physical activity (PA) and cardiorespiratory fitness with C-reactive protein (CRP) concentration in adolescents. The sample included 386 Portuguese adolescents (n = 207, female), age 12-18 years, assessed in the year 2012. The PA was assessed with the use of accelerometers, and the cardiorespiratory fitness was assessed by the Fitnessgram Pacer test. Blood samples were collected after a 10-hour fasting, and high-sensitivity PCR concentration was further assessed. Significant associations between CRP and cardiorespiratory fitness were found for females (r = -0.313; p < 0.001) and males (r = -0.163; p < 0.05); however, when adjusted by the BMI, the associations remained significant only for females (r = -0.215; p < 0.001). Regarding the association between CRP and PA, no significant associations were found for both genders. Therefore, CRP is apparently negatively associated with cardiorespiratory fitness, with differences between males and females; for females it seems less dependent than BMI.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Proteína C-Reativa / Sistema Cardiovascular / Aptidão Física / Atividade Motora Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adolescente / Criança / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: Europa Idioma: Português Revista: Cad. saúde pública Assunto da revista: Saúde Pública / Toxicologia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Portugal Instituição/País de afiliação: Universidade do Porto/PT

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Proteína C-Reativa / Sistema Cardiovascular / Aptidão Física / Atividade Motora Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adolescente / Criança / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: Europa Idioma: Português Revista: Cad. saúde pública Assunto da revista: Saúde Pública / Toxicologia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Portugal Instituição/País de afiliação: Universidade do Porto/PT
...