Your browser doesn't support javascript.
loading
Movimento “Carta Verde” como Transformador da Realidade da Formação em Saúde / The “Green Letter” Movement as a Transformative Agent for Health Care Training
Fernandes, Janainny Magalhães; Sanches, Vinicius Santos; Mendonça, Margarete Knoch; Santos, Mara Lisiane de Moraes dos; Batiston, Adriane Pires; Ferrari, Fernando Pierette.
Afiliação
  • Fernandes, Janainny Magalhães; Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande. BR
  • Sanches, Vinicius Santos; Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande. BR
  • Mendonça, Margarete Knoch; Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande. BR
  • Santos, Mara Lisiane de Moraes dos; Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande. BR
  • Batiston, Adriane Pires; Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande. BR
  • Ferrari, Fernando Pierette; Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande. BR
Rev. bras. educ. méd ; 39(3): 336-338, jul.-set. 2015.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-766218
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
RESUMO Diante da necessidade da formação voltada para o trabalho em equipe e o desenvolvimento de discussões e construções coletivas nos campos de saberes, estudantes e docentes das diversas áreas da saúde da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul criaram uma proposta de mobilização em busca de uma formação interdisciplinar. O produto final dessa mobilização culminou na criação, pelos estudantes, de uma Carta de Intenções – denominada “Carta Verde” – para mudanças curriculares voltadas à formação interprofissional. Esse nome representa a liberdade e a saúde, no intuito de que, juntas, todas as profissões possam se complementar e produzir saúde desde sua formação. Além disso, horários “verdes” para a participação de projetos, criação de coletivos em saúde e discussões entre as diversas áreas do conhecimento são estratégias para otimizar a formação em equipe dos futuros profissionais. O produto dessa carta pode induzir mudanças curriculares mais efetivas e concretas no que diz respeito à formação interprofissional segundo as atuais necessidades do Sistema Único de Saúde do nosso país.
ABSTRACT
ABSTRACT Considering the need for teamwork-focused training and the development of discussions and collective constructions in the fields of knowledge, a proposal that seeks to mobilize interdisciplinary training was created by students and teachers from different health courses of the Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. The end product of this initiative culminated in the creation of a Letter of Intent for curricular changes focused on interprofessional education, called “Carta Verde” or “Green Letter”. This name represents freedom and health, with the intention that together all the professions can complement each other and produce health from training onwards. Furthermore, “green” schedules for participation in projects, creating collective health and discussions between the various areas of knowledge are strategies that can optimize the training of future professional staff. The product of this letter may lead to more effective and specific curricular changes to interprofessional education in accordance with the current needs of the Health System in Brazil.


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. bras. educ. méd Assunto da revista: Educação Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. bras. educ. méd Assunto da revista: Educação Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/BR
...