Your browser doesn't support javascript.
loading
Representações sociais da hipertensão arterial / Social representations of arterial hypertension / Representaciones sociales de la hipertensión arterial
Silva, Mariana Luíza Becker da; Bousfield, Andréa Barbará da Silva.
Afiliação
  • Silva, Mariana Luíza Becker da; Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Psicologia. Florianópolis. BR
  • Bousfield, Andréa Barbará da Silva; Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Psicologia. Florianópolis. BR
Temas psicol. (Online) ; 24(3): 895-909, set. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-791978
Biblioteca responsável: BR85.1
RESUMO
A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é responsável por significativo número de óbitos. O controle pode ser medicamentoso ou/e por hábitos saudáveis, os quais representam uma das principais dificuldades, tendo em vista o envolvimento com a ideia de saúde. Com isso, vislumbra-se a relevância da Teoria das Representações Sociais (TRS), pois é possível conhecer as facilidades e dificuldades no tratamento, para planejar intervenções na formulação de políticas públicas. A presente pesquisa visou identificar as representações sociais da HAS e de seu tratamento para pessoas com esse diagnóstico. Participaram 20 moradores de Florianópolis - 10 homens - com média de idade 54 anos e 9 meses (DP = 7 anos e 10 meses). Foram realizadas entrevistas em profundidade e o material foi submetido a três análises hierárquicas descendentes (CHD), pelo software IRAMUTEQ. Uma relacionada à HAS, outra ao tratamento e outra unindo as duas temáticas. Na primeira análise apareceram as causas, preocupações, sintomas, rotina e processo da descoberta. Na segunda, surgiram relatos sobre à aquisição do remédio, importância, vantagens e desvantagens do tratamento, alimentação, preocupações e rotina. Na última, percebe-se os conteúdos já mencionados e o entrelaçamento da HAS como doença e de seu tratamento. Pode-se afirmar, que tratamento e doença se inter-relacionam.
ABSTRACT
Arterial hypertersion is responsible by significant number of death. The control can be medicinal or/and for healthy habits, which represent one of the principal difficults, for as much us the evolvement with health's idea. With this, catch a glimpse of the importance of Social Representation Theory, so is possible to know the facilities and difficulties in the treatment, plan interventions in the formulation of public politics. The aim was identify the social representation of arterial hypertension and your treatment for people with this diagnosis. Participated 20 residents in Florianópolis, 10 men, with on an average 54 and 9 months years old (SD = 7 years and 10 months). Realized interviews in depth and the material was submited the three hierarchic analysis descendants (CHD), by software IRAMUTEQ. One relacionated the hypertasion, treatment and other joing the two tematics. In the first analysis appeareded the causes, preocupations, symptons, routine and process of the discovery. In the second, appeareded reports about the purchase of the medicine, importance, advantages and disadventages of the treatment, alimentation, preocupation and routine. In last perceive the contents mentionated before and the interlacing of the hypertersion, how disease and your treatment. We can affirmed that treatment and disease interrelate.
RESUMEN
Hipertensión arterial sistémica (HAS) es responsable por un número significativo de muertes. Control puede ser médico o hábitos saludables, que es una dificultad importante, en vista de la implicación con idea de salud. Vislumbra la relevancia de Teoría de la Representación Social (TRS), es posible saber las comodidades y dificultades en tratamiento, para planificar intervenciones en políticas públicas. El objetivo fue identificar representaciones sociales de la hipertensión y su tratamiento para las personas con este diagnostico. El estudio incluyó 20 sujetos que viven en Florianópolis - 10 - hombres con edad media de 54 años y 9 meses (SD = 7 años y 10 meses). Realizaron entrevistas en profundidad y el material fue sometido a tres análisis de clasificación jerárquica descendientes (CHD) por medio de software IRAMUTEQ. Una relacionada con hipertensión arterial, tratamiento y otra que unen los dos. El primer análisis apareció causas, preocupaciones, síntomas, rutina y proceso de descubrimiento. La segunda, surgieron informes sobre adquisición del remedio, importancia, ventajas y desventajas del tratamiento, alimentos, preocupaciones y rutina. En el final, apareció el contenido ya mencionado y el entrelazamiento de hipertensión como una enfermedad y su tratamiento. Puede decir al respecto, que tratamiento y enfermedad están relacionados entre sí.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Temas psicol. (Online) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Catarina/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Temas psicol. (Online) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Catarina/BR
...