Your browser doesn't support javascript.
loading
Prevalência de lesões bucais diagnosticadas no laboratório de patologia bucal da Universidade Tiradentes (2002- 2010) / Prevalence of oral lesions diagnosed in oral pathology laboratory of Tiradentes University (2002-2010)
Melo, Auremir Rocha; Pires, Suse Mara Sandes; Ribeiro, Cyntia Ferreira; Albuquerque Júnior, Ricardo Luiz Cavalcanti; Melo, Allan Ulisses Carvalho de.
Afiliação
  • Melo, Auremir Rocha; UPE. FOP. Recife. BR
  • Pires, Suse Mara Sandes; UPE. FOP. Recife. BR
  • Ribeiro, Cyntia Ferreira; UPE. FOP. Recife. BR
  • Albuquerque Júnior, Ricardo Luiz Cavalcanti; UPE. FOP. Recife. BR
  • Melo, Allan Ulisses Carvalho de; UPE. FOP. Recife. BR
Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac ; 13(2): 109-114, Abr.-Jun. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-792167
Biblioteca responsável: BR97.1
RESUMO

Objetivo:

Identificar as principais patologias do sistema estomatognático diagnosticadas no Serviço de Patologia Bucal da Universidade Tiradentes.

Metodologia:

A amostra foi constituída pelos laudos histopatológicos de tecidos bucais elaborados no período entre 2002 e 2010. os seguintes dados foram coletados gênero e idade do paciente, localização da lesão e diagnóstico histológico.

Resultados:

Foram analisados 128 laudos, sendo 119 lesões benignas (92,9%) e 09 malignas (7,1%). Houve 17 diagnósticos histológicos diferentes, sendo os mais comuns a hiperplasia fibrosa inflamatória e a mucocele. o lábio inferior foi a região mais afetada. os pacientes apresentavam idades entre 3 a 82 anos com média de 36,8 anos, e a maioria era do gênero feminino (61,7%).

Conclusão:

As características básicas dos pacientes com lesões estomatognáticas diagnosticadas no serviço de patologia bucal da Universidade Tiradentes correspondem ao indivíduo do gênero feminino, com idade média de 36,8 anos, apresentando uma lesão em tecidos moles, principalmente no lábio inferior, sendo hiperplasia fibrosa inflamatória o diagnóstico mais comum.
ABSTRACT

Objective:

To identify the oral diseases diagnosed at the Department of oral Pathology in Tiradentes University.

Methodology:

The sample consisted of the all histological reports of oral tissues prepared between 2002 and 2010. The following data were collected patient age and gender, lesion location and histological diagnosis.

Results:

we analyzed 128 reports, 119 were benign lesions (92,9%) and 09 were malignant ones (7,1%). There were 17 different histological diagnosis being the most common the fibrous inflammatory hyperplasia and mucocele. The patients were aged between 3 and 82 years with an average of 36,8 years and most were female (61,7%).

Conclusion:

The basic characteristics of patients with stomatognathic lesions diagnosed at the oral Pathology Service of the University Tiradentes correspond to a female, mean age 36,8 years, with soft tissue lesion mainly in the lower lip being the most common diagnosis the fibrous inflammatory hyperplasia.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Idioma: Português Revista: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UPE/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Idioma: Português Revista: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UPE/BR
...