Your browser doesn't support javascript.
loading
Epidemiologia dos traumatismos de face em pacientes jovens no estado do Ceará / Epidemiologyoffacial traumain youngpatientsin the stateof Ceará
Silva, Leonardo de Freitas; Barbosa, Clara Hermínia Dias; Mesquita, Lília Viana; Barbalho, Jimmy Charles Melo; Carvalho, Abrahão Cavalcante Gomes de Souza; Mello, Manoel de Jesus Rodrigues.
Afiliação
  • Silva, Leonardo de Freitas; Instituto Dr. José Frota. Fortaleza. BR
  • Barbosa, Clara Hermínia Dias; Instituto Dr. José Frota. Fortaleza. BR
  • Mesquita, Lília Viana; Instituto Dr. José Frota. Fortaleza. BR
  • Barbalho, Jimmy Charles Melo; Instituto Dr. José Frota. Fortaleza. BR
  • Carvalho, Abrahão Cavalcante Gomes de Souza; Instituto Dr. José Frota. Fortaleza. BR
  • Mello, Manoel de Jesus Rodrigues; Instituto Dr. José Frota. Fortaleza. BR
Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac ; 14(3): 79-84, Jul.-Set. 2014. graf, tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-792350
Biblioteca responsável: BR97.1
RESUMO

Objetivo:

O objetivo deste trabalho foianalisar a prevalência de fraturas de ossos da face de crianças e adolescentes atendidas no Hospital Instituto Dr. José Frota, em Fortaleza- CE.

Metodologia:

Foi realizadaa análise de prontuários dos pacientes internados no Instituto Dr. José Frota no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2012, sendo avaliada a prevalência de fraturas de ossos da face quanto ao gênero, faixa etária, procedência, etiologia, tipo de tratamento e tempo médio de internação hospitalar.

Resultados:

Foram avaliados 119 prontuários. O gênero masculino foi acometido em 93 casos. Sessenta e seis pacientes foram provenientes de Fortaleza. A média de internação foi de 4,5 dias. O acidente motociclísticofoi observado em 34 casos. Os ossos mais fraturados foram os ossos próprios do narizseguidos das fraturas mandibulares. A redução incruenta foi realizada em65 casos e a redução cruenta em 44 casos.

Conclusão:

De acordo com a análise dos resultados foi possível concluir que os jovens com fraturas maxilofaciaistêm sido tratados com técnicas menos invasivas, diminuindo desta forma o tempo de internação, com alto índice de sucesso e menores gastos hospitalares.
ABSTRACT

Objective:

The aim of this study was to analyze the prevalence of fractures of the facial bones in children and adolescents treated at the Institute Dr. José Frota, Fortaleza - CE.

Methodology:

The analysis of medical records of patients admitted to the Institute Dr. José Frota from January 2010 to December 2012 was performed. Being assessed the prevalence of fractures of the facial bones as gender, age, origin, etiology, type of treatment, mean length of hospital stay.

Results:

119 charts were evaluated. The male was involved in 93 cases. Sixty-six patients were from Fortaleza. The mean hospital stay was 4.5 days. The motorcycle accident was observed in 34 cases. Most broken bones were the very bones of the nose followed by mandibular fractures. A closed reduction was performed in 65 cases and open reduction in 44 cases.

Conclusion:

According tothe analysisof the resultsit was concludedthat young people withmaxillofacialfractureshavebeentreated withless invasive techniques, thereby decreasingthe length of stay, witha high success rateand lowerhospital costs.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Estudo de rastreamento Idioma: Português Revista: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Dr. José Frota/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Estudo de rastreamento Idioma: Português Revista: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Dr. José Frota/BR
...